Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/7293
Type: masterThesis
Title: Influência da cirurgia mamária e alterações da mama sobre o sucesso da amamentação em bebês nascidos por cesariana eletiva
Author(s): Kuchenbecker, Grete Marta
Advisor: Fiori, Humberto Holmer
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Pediatria e Saúde da Criança
Issue Date: 2015
Keywords: MEDICINA
PEDIATRIA
AMAMENTAÇÃO
CESÁREA
MAMOPLASTIA
HOSPITAIS
Abstract: INTRODUÇÃO : Alterações da mama podem ter impacto significativo sobre o sucesso da amamentação. No Brasil, na população usuária do sistema privado de saúde, a prevalência de cirurgias mamárias é alta. Outro fator de risco que pode interferir no sucesso da amamentação nessas pacientes é a alta taxa de parto cesáreo, que por sua vez pode estar associado a traumas mamilares.OBJETIVOS : O objetivo deste estudo foi avaliar a influência da cirurgia mamária e de outras alterações da mama no sucesso da amamentação em pacientes submetidas à cesariana eletiva em um hospital privado.MÉTODOS : Foram incluídos no estudo recém-nascidos por cesariana eletiva, com idade gestacional igual ou maior que 37 semanas. Os dados foram obtidos do prontuário hospitalar, de entrevistas com as mães durante a estadia na maternidade e por contatos telefônicos no final da segunda semana e três meses após o parto. As variáveis em estudo foram idade gestacional, presença de companheiro, número de gestações, tipo de mamilo, amamentação prévia, dor durante a amamentação, prescrição de complemento, implante de silicone de mama, cirurgia de redução mamária, fissura mamária e sangramento mamário. Um modelo de regressão logística foi ajustado tendo como variável de resposta amamentação exclusiva aos três meses e como variáveis dependentes as significativas ao nível de 30% nas análises anteriores.RESULTADOS : A amostra do estudo foi composta por 1117 recém-nascidos e suas mães, cujos partos ocorreram de forma consecutiva e que atendiam aos critérios de inclusão. Das 1117 mães, 741 (66,34%) mantiveram amamentação exclusiva aos três meses de vida. Todas as variáveis estudadas representaram fatores de risco significativos para ausência de aleitamento materno exclusivo aos três meses, exceto dor durante a amamentação e presença de fissuras. Na análise multivariada, as variáveis que se mantiveram significativas após o ajuste para fatores de confusão foram uso de complemento alimentar nas primeiras 24 horas de vida (odds ratio [OR] 2,11, intervalo de confiança [IC] 95% 1,62-2,75); mamilo plano (OR 2,40, IC95% 1,58-3,65); implante de silicone mamário (OR 1,88, IC95% 1,24-2,85); e cirurgia de redução de mama (OR 5,65, IC95% 2,92-10,85).CONCLUSÕES : Nessa população de pacientes usuárias do sistema privado de saúde, submetidas a parto cesáreo, as cirurgias mamárias, especialmente a redução de mama, foram importantes fatores de risco para ausência de amamentação exclusiva aos três meses pós-parto. Outro importante fator de risco para desmame precoce foi o mamilo do tipo plano.
INTRODUCTION : Breast changes can have a significant impact on breastfeeding success. In Brazil the prevalence of breast surgery is higher among the population of private health system users. Another risk factor that can interfere in successful breastfeeding in these patients is the high rate of cesarean birth, which in turn may be associated with nipple trauma.OBJECTIVES : The aim of this study was to evaluate the influence of breast surgery and other breast changes on breastfeeding success in patients undergoing elective cesarean section at a private hospital.METHODS : We included in the study newborns undergoing elective cesarean section equal to or greater than 37 weeks' gestation. Data were obtained from hospital records, interviews with the mothers during their stay in the maternity ward and via telephone at the end of the second week and three months after delivery. The variables were gestational age, presence of partners, number of pregnancies, type of nipple, previous breastfeeding, pain during breastfeeding, complementary prescription, silicone breast implants, breast reduction surgery, and bleeding nipples fissures. A logistic regression model was adjusted considering exclusive breastfeeding response at three months as a variable and as dependent variables those significant at the 30% level in previous analysis.RESULTS : The study sample consisted of 1117 newborns and their mothers whose deliveries occurred consecutively and met the inclusion criteria. Of the 1117 mothers, 741 (66. 34%) had exclusive breastfeeding at three months of life. All the variables studied represented significant risk factors for the lack of exclusive breastfeeding at three months, except pain during breastfeeding and presence of cracks. In multivariate analysis, the variables that remained significant after adjusting for confounding factors were use of food supplements in the first 24 hours of life (odds ratio [OR] 2. 11, confidence interval [CI] 1. 62 95% 2. 75); flat nipple (OR 2. 40, 95% CI 1. 58 to 3. 65); silicone breast implant (OR 1. 88, 95% CI 1. 24 to 2. 85); and breast reduction surgery (OR 5. 65, 95% CI 2. 92 to 10. 85).CONCLUSIONS : In this population of patients undergoing elective cesarean section in a private health service, breast surgeries, especially breast reduction, were important risk factors for the absence of exclusive breastfeeding at three months postpartum. Another important risk factor for early weaning was the type of flat nipples.
URI: http://hdl.handle.net/10923/7293
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000468409-Texto+Parcial-0.pdfTexto Parcial233,35 kBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.