Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/7296
Tipo: masterThesis
Título: A eclesialidade das novas comunidades: as novas comunidades como uma forma de autorrealizacao da igreja
Autor(es): Bins, Rejane Maria Dias de Castro
Orientador: Hackmann, Geraldo Luiz Borges
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Teologia
Data de Publicação: 2015
Palavras-chave: TEOLOGIA
ECLESIOLOGIA
CARISMAS
DIREITO CANÔNICO
CONSAGRAÇÃO
COMUNIDADES RELIGIOSAS
Resumo: Esta dissertação busca aferir o papel das associações de fiéis conhecidas por Novas Comunidades na eclesiologia da Igreja Católica. A estrutura da dissertação compreende três seções. A primeira estuda como os contextos socioculturais da modernidade e da pósmodernidade engendram o pluralismo religioso e uma nova religiosidade na pessoa humana; bem como o contexto eclesial relativo ao laicato, cujo apostolado é fortemente impulsionado pelo Concílio Vaticano II, ao adotar a eclesiologia de comunhão, gerando a necessidade de lugares de experiência de vida verdadeira, amenizando o individualismo. A segunda seção reconhece a presença dos movimentos eclesiais desde os primeiros séculos da era cristã, marcados pelo carisma infundido no fundador pelo Espírito Santo; examina as novas comunidades como uma experiência autêntica de Igreja, moldada pelos carismas do Espírito, dando eficácia ao testemunho dos seus membros em uma unidade multiforme; enfatiza a origem carismática das Novas Comunidades, alguns aspectos sociológicos, a partilha e a consagração de vida de fiéis de diferentes estados, a ênfase dada ao processo integral de formação cristã; verifica o enquadramento canônico, com as dificuldades que se apresentam e sugestões.A terceira seção prioriza os sinais de eclesialidade, conforme critérios da Exortação Apostólica Christifideles Laici, e o dinamismo para a comunhão e a missão; avalia como essas novas realidades são instrumentos eficazes de encontro pessoal com Jesus Cristo e analisa as possibilidades de relacionamento com as paróquias. A metodologia é bibliográfica, percorrem-se doutrinadores italianos e documentos da Igreja universal desde o Concílio Vaticano II, da Igreja Latino-americana, especialmente Santo Domingo e Aparecida, e da Igreja no Brasil. Conclui-se pelo reconhecimento das Novas Comunidades como um dos protagonistas atuais da eclesiologia de comunhão, buscando realizar a missão evangelizadora primordial da Igreja, em comunhão com as demais realidades eclesiais, com diferentes possíveis formas de inserção nas Igrejas locais.
This master’s thesis attempts to estimate the role of lay associations known as New Communities in the Catholic Church ecclesiology. It is divided into three sections. The first one studies how the sociocultural contexts of modernity and postmodernity engender religious pluralism and new religiousness, as well as the ecclesial context related to the laity, whose apostolate has been strongly promoted by the Second Vatican Council, in adopting the ecclesiology of communion, creating the need for places of true life experience, softening individualism. The second section recognizes the presence of ecclesial movements since the first centuries of the Christian era, marked by the charisms infused into the founder for the Holy Spirit; it examines the New Communities as an authentic experience of Church, shaped by the charisms of the Spirit, giving effectiveness to the testimony of its members in a multiform unity; it highlights the New Communities charismatic origin, some sociological aspects, life sharing and the consecrated life of believers of different states, the emphasis given to the process of Christian formation; it checks their canonical inclusion, its difficulties and gives suggestions.The third section prioritizes the ecclesial signs, according to the criteria of the Apostolic Exhortation Christifideles Laici, and the dynamism to communion and mission; it evaluates how those new ecclesial realities are effective tools for the personal meeting with Jesus Christ and analyzes their relationship with the parishes. The methodology is bibliographic, through Italian scholars and universal Church documents since Vatican II, documents of the Church in Latin America, especially Santo Domingo and Aparecida, and documents of the Church in Brazil. It concludes by recognizing the New Communities as one of the current protagonists of the ecclesiology of communion, fulfilling the primary evangelizing mission of the Church in communion with all ecclesial realities, pointing different possible forms of insertion in the local Churches.
URI: http://hdl.handle.net/10923/7296
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000469166-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,35 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.