Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/7321
Type: masterThesis
Title: Relação entre o estilo de vida e o comprimento dos telômeros
Author(s): Mundstock, Eduardo
Advisor: Mattiello, Rita
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Pediatria e Saúde da Criança
Issue Date: 2015
Keywords: MEDICINA
PEDIATRIA
OBESIDADE
ESTILO DE VIDA SEDENTÁRIO
Abstract: Introdução: Diferentes condições de vida estão fortemente associadas ao estresse oxidativo (EO), aos processos inflamatórios e apresentam efeitos negativos no comprimento dos telômeros. Dentre esses, o tempo sentado, tem sido considerado um importante fator de risco para o surgimento das doenças crônicas não transmissíveis e mentais em crianças.Objetivo: avaliar o efeito do tempo sentado no comprimento dos telômeros.Métodos: uma amostra de 89 escolares de Porto Alegre foi selecionada para a avaliação do nível de atividade física, do tempo sentado, para a mensuração dos dados antropométricos e do comprimento dos telômeros mediante a coleta de sangue. Modelos lineares generalizados (Tweedie model with Identity link function) foram utilizados para analisar as relações entre o comprimento dos telômeros e as variáveis preditoras idade, IMC, sexo, nível de atividade física e tempo sentado.Resultados: Foram incluídos no estudo 77 escolares com a média de idade de 11 anos, sendo a maioria do sexo feminino (55%). As medianas da variável de desfechos e das variáveis preditoras foram: comprimento dos telômeros: 0,97 (IQ 0,63 a 1,75); IMC (escore Z): 0,68 (IQ -0. 11 a 1,72); tempo de atividade física 145,0 (IQ 50,0 a 311,2) min/semana e do tempo sentado 31. 5 (IQ 21,0 a 44,7) horas/semana. Na análise univariável somente a idade (β -0,189 IC 95%-0. 338 a -0. 040; p = 0,013) e o tempo sentado (β -0,008 IC 95% -0,014 a -0,002; p = 0,009) estiveram associados com a variância no comprimento dos telômeros. Na análise multivariável somente o tempo sentado manteve associação inversa estatisticamente significativa com o comprimento dos telômeros.Conclusão: o tempo sentado está inversamente relacionado com o comprimento dos telômeros. Demonstrando que o comprimento dos telômeros pode servir de marcador relacionado ao comportamento sedentário em crianças em idade escolar.
Background: Different life conditions have a negative effect on telomere length (TL), which is modulated by oxidative stress (OS), inflammation and lifestyle variables. Sitting time (ST) increases the risk of many physical and mental conditions in childhood.Objective: To assess the effects of sitting time in the length of telomeres.Methodology: a random sample of 77 health schoolchildren from Porto Alegre, answered a questionnaire to address physical activity (PA), were submitted to anthropometric measurements and blood sampling for analysis of relative telomere length. Generalized linear models (Tweedie model with Identity link function) were used to analyze their relationships between the telomere length (TL) (main outcome) and predictor variables (age, BMI, sex, PA, sitting time).Results: Girls predominated, the group’s mean age was 11. 3 ± 1. 3 years, the median of BMI Z-score 0. 68 (IR -0. 11 to 1. 72), time of PA 145. 0 (IR 50. 0 to 311. 2) min/week, sitting time was 31. 5 (IR 21. 0 to 44. 75) hours/week and the median of TL 0. 97 (IR 0. 63 to 1. 75). The results of univariate analysis, variables gender, PA, BMI-Z score, had no statistically significant association with TL. Age (β-0. 189; 95%CI -0. 338 to -0. 040; p = 0,013) and ST (β -0,008; 95%CI -0. 014 to -0. 002; p = 0,009) were inversely associated with TL. In multivariate analysis, only ST remained statistically significant.Conclusion: Our results demonstrate a negative correlation between sitting time and telomere length in healthy scholar children. Showing that telomere length may serve as a marker related to sedentary behavior in school children.
URI: http://hdl.handle.net/10923/7321
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000469613-Texto+Parcial-0.pdfTexto Parcial853,38 kBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.