Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/7383
Tipo: masterThesis
Título: Os efeitos da decodificação fonológica e a teoria de autoensino: um estudo de aprendizes do quinto ano do ensino fundamental
Autor(es): Foscarini, Simone Fernandes de Souza
Orientador: Buchweitz, Augusto
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Letras
Fecha de Publicación: 2015
Palabras clave: LINGUÍSTICA
APRENDIZAGEM
PORTUGUÊS - LEXICOGRAFIA
FONOLOGIA - CRIANÇAS
LEITURA
Resumen: Considering the social and cognitive importance of learning to read and write in elementary school, the present study investigates the relationship between phonological decoding and the acquisition of lexical representations. The main objective wasto investigate aspects that involve the acquisition of orthographic representations in students. The specific objectives were to: (a) evaluate the performance of the participants in reading tasks by assessing pseudoword reading and text comprehension; (b) investigatethe performance in a lexicalchoice task; (c) examine student performance in relation to the recognition task of words and pseudowords; (d) investigate whether exposure to pseudo target words is a factor in good performance in writing tasks;(e) investigate whether the results obtained in the reading assignment, spelling choice, recognition of words and pseudowords, and writing under dictation are similar to each other, through the analysis of data obtained. The study draws on research conducted by David Share (1995, 1999, 2008). Based on which studies, phonological decoding is a predictor of acquisition of lexical representations. The present study was divided into two stages, namely, the first stage consisted of reading texts; the second stage was carried out three days later and consisted of tasks that tapped into self-teaching from the texts read. The results suggestthat repeated decoding of pseudowordswas associated with self-teaching, and most readers were able to identify the target pseudoword.
Considerando a importância social e cognitiva do aprendizado da leitura e da escrita nas séries iniciais, o presente estudo investiga a relação entre a decodificação fonológica e a aprendizagem das representações lexicais. Esta dissertação tem como objetivo geral aprofundar o conhecimento acerca dos aspectos que envolvem o aprendizado das representações ortográficas em estudantes, observando os efeitos da decodificação através da leitura de textos contendo pseudopalavras alvos. Como objetivos específicos, visa: (a)verificar, no desenvolvimento da investigação, o desempenho dos participantes na tarefa de leitura, observando se as pseudopalavras foram decodificadas e se os textos foram compreendidos; (b) verificar o desempenho dos participantes no teste de escolha ortográfica; (c) examinar o desempenho dos alunos em relação ao teste de reconhecimento de palavras e pseudopalavras; (d) investigar se a exposição a pseudopalavras alvos influencia para a aprendizagem de escrita sob ditado; (e) investigar se os resultados obtidos na tarefa de leitura e nos pós-testes: escolha ortográfica, reconhecimento de palavras e pseudopalavras, bem como de escrita sob ditado são semelhantes entre si, por meio da análise dos dados obtidos. Como embasamento teórico central, este estudo recorre às pesquisas realizadas pelo estudioso David Share(1995, 1999, 2008). Baseado em seus estudos, adecodificação fonológicaé um preditor na aprendizagem das representações lexicais, permitindoao aprendiz o reconhecimento visual das palavras de forma automática e inconsciente. Tais reflexões possibilitam aprofundar o conhecimento, através de um viés empírico, no tocante ao aprendizado inicial da leitura e da escrita. A coleta de dados dividiu-se em duas etapas, a saber, a primeira etapa constituiu-se da leitura dos textos e, no terceiro dia após a leitura, foram aplicadas as demais tarefas. Assim, buscando refletir que o efeito da decodificação fonológica não é transitório quando oportunamente realizada com sucesso. Os resultados sugerem que a decodificação repetida das pseudopalavras foi associada às hipóteses de autoaprendizagem. Além disso, os participantes foram capazes de identificar as pseudopalavras.
URI: http://hdl.handle.net/10923/7383
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000470405-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo2,48 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.