Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/7465
Tipo: masterThesis
Título: "El olvido está lleno de memoria": estudo de caso do sítio de consciência Villa Grimaldi como meio de comunicação : a didática dos direitos humanos e a cultura da memória
Autor(es): Hernández Briones, Marcia Cristina
Orientador: Wainberg, Jacques Alkalai
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social
Fecha de Publicación: 2015
Palabras clave: COMUNICAÇÃO
COMUNICAÇÃO SOCIAL
DIREITOS HUMANOS
MEMÓRIA
CONSCIÊNCIA
Resumen: A presente dissertação tem como objetivo realizar um estudo de recepção do sítio de consciência Corporación Parque por la paz Villa Grimaldi. Este lugar de memória é tratado nesta investigação como um meio de comunicação, já que se propõe não só a informar como a educar as novas gerações sobre os crimes contra a humanidade ocorridos em consequência do golpe militar do Chile. O principal problema de pesquisa é compreender como este sítio de consciência é utilizado pelos contemporâneos como meio de comunicação e como ele funciona em favor da educação dos direitos humanos. Seu objeto é construído na interface de vários temas, mas principalmente o tratamento da memória e a didática dos direitos humanos. Este estudo visa analisar a recepção de 30 visitantes à Villa Grimaldi através de entrevistas semiestruturadas. As tabelas e quadros comparativos que resultam da formatação do display dos materiais e das respostas dadas pelos visitantes ao nosso questionário permitem a oferta de uma tipologia de categorias de conteúdos, tomando por base a metodologia de Análise Textual Discursiva (MORAES, 2011).O trabalho descreve o conceito de sítio de consciência (valendo-se de outros exemplos como suporte), a pedagogia do memorial e os recursos humanos e tecnológicos utilizados (por entender-se que servem de suporte para o presente estudo de caso), bem como o formato do memorial – como um lugar apto a divulgar mensagens que possam ser decodificadas pelos receptores/visitantes. Serão consideradas teorias que endossam a ideia do sítio de consciência como meio de comunicação. Entre elas, o situacionismo (interacionismo simbólico) e a Teoria do Meio, como proposto por Joshua Meyrowitz. Autores como Andreas Huyssen (2007, 2000, 1997), Marshall McLuhan (1964), Tunbridge & Ashworth (1996), Maurice Halbwachs (1950) e Pierre Nora (2011) serão considerados, entre outros. A união de ambos referenciais contempla os tópicos abordados pelos espaços de memória, e permite um estudo de caso com a finalidade de notar o sítio de consciência como meio de comunicação.
The present thesis aims to develop a reception theory of the site of conscience Corporación Parque por la paz Villa Grimaldi. This place of memory is approached here as a mean of communication, since it intends not only to inform but also educate new generations about crimes against humanity that occurred due to Chile’s military coup. The main research problem is understanding how this site of conscience is used today as a mean of communication and how it works in favor of human rights education. The object is built on the interface of many subjects, but specially the treatment of memory and didactics of human rights. Its purpose is to analyze the reception of 30 visitors to Villa Grimaldi, through semistructured interviews. Charts and comparative tables resulting from the display formatting of materials and answers given by the visitors allow the offering of a typology of contents categories, based on the methodology of Discursive Textual Analysis (MORAES, 2011).The paper describes the memorial pedagogy and human and technological resources used (for it sees them as support for the present case study), as well as the memorial format – as a place able to spread messages that could be decoded by receptors/visitors. Theories emphasizing the idea of sites of conscience as means of communication will be considered. Among them, situationism (symbolic interactionism) and the Medium Theory, as stated by Joshua Meyrowitz. Authors such as Andreas Huyssen (2007, 2000, 1997), Marshall McLuhan (1964), Tunbridge & Ashworth (1996), Maurice Halbwachs (1950) and Pierre Nora (2011) will be approached, among others. The joining of both referencials contemplate topics brought up by spaces of memory and it allows a case study with the purpose of recognizing a site of conscience as a mean of communication.
URI: http://hdl.handle.net/10923/7465
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000471989-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo10,15 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.