Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/7564
Tipo: masterThesis
Título: Responsabilidade social corporativa em empresas de pequeno e médio porte: fatores que influenciam a adoção de iniciativas de sustentabilidade
Autor(es): Back, Léa Schmatz
Orientador: Petrini, Maira de Cássia
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Administração e Negócios
Data de Publicação: 2015
Palavras-chave: RESPONSABILIDADE SOCIAL - EMPRESAS
ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS - ASPECTOS SOCIAIS
SUSTENTABILIDADE
MEIO AMBIENTE - ADMINISTRAÇÃO
Resumo: Sustainable development seeks to satisfy the current generation’s needs, without compromising their capacity to satisfy their own needs. That implies a major role for the organizations in order to achieve a harmonization between social and economic developments and environmental preservation. Corporate Social Responsibility (CSR) is a subject that has been acquiring importance in business enterprise strategies. However, there is a restrict number of researches about CSR in small and medium companies. In that sense, this particular research had as, its objective, analyze the adoption of sustainability initiatives in small and medium-sized companies. In order to achieve that goal, the research was based in a theoretical framework that allowed a bigger immersion on themes related to Corporate Social Responsibility, small and medium enterprises and factors that influence sustainability initiatives. The methodology used was multiple case study on the leather-footwear sector of the metropolitan region of Porto Alegre. One of the contributions brought by this study was the structuration of factors that influence the adoption of sustainability initiatives on internal and external, their grouping in facilitators or inhibitors, besides a referential board that illustrates the relevance of factors found for the incorporation of sustainability initiatives on small and medium-sized companies. The results point that the characteristics of organizations, alone, didn’t have relations with sustainability initiatives, but those companies that possess characteristics that lead to a greater market visibility, may be more sensitive to external factors, despite that not being confirmed by this exploratory study. Legislation is a determining factor for sustainability initiatives, in spite of resulting in minimal action when identified as the only factor for sustainability initiatives. Internal factors show themselves very relevant, highlighting the entrepreneur’s vision. It was identified a possible connection between the existence in women in management and the entrepreneur’s vision for sustainability initiatives, it became clear that government incentive as an important mechanism of encouragement for sustainability initiatives.
O desenvolvimento sustentável procura satisfazer as necessidades da geração atual, sem comprometer a capacidade das gerações futuras satisfazerem suas próprias necessidades. Isso implica num papel importante das organizações, para que seja possível atingir uma harmonização entre desenvolvimento econômico, social e preservação ambiental. A Responsabilidade Social Corporativa (RSC) é um tema que vem adquirindo importância nas estratégias de negócios das empresas. No entanto, observa-se um número restrito de pesquisas sobre RSC em pequenas e médias empresas. Neste sentido, a presente pesquisa teve, por objetivo, analisar a adoção de iniciativas de sustentabilidade em empresas de pequeno e médio porte. Para atingir tal objetivo a pesquisa baseou-se em um referencial teórico que permitiu um aprofundamento sobre os propostos temas relacionados à Responsabilidade Social Corporativa, pequenas e médias empresas e fatores que influenciam iniciativas de sustentabilidade. A metodologia empregada foi de estudo de casos múltiplos no setor coureiro-calçadista da região metropolitana de Porto Alegre. Uma das contribuições trazidas por esse estudo foi a estruturação dos fatores que influenciam a adoção de iniciativas de sustentabilidade em internos e externos, bem como o seu agrupamento em facilitadores ou inibidores, além de um quadro referencial que ilustra a relevância dos fatores encontrados, para a incorporação de iniciativas de sustentabilidade nas pequenas e médias empresas. Os resultados apontam que as características das organizações, isoladamente, não tiveram relação com iniciativas de sustentabilidade, mas aquelas empresas que possuem características que as levariam a uma maior visibilidade no mercado, podem ser mais sensíveis aos fatores externos, apesar disso não se confirmar nesse estudo exploratório. A legislação é um fator determinante para iniciativas de sustentabilidade, apesar de resultar numa atuação mínima quando identificado como o único fator para iniciativas de sustentabilidade. Os fatores internos mostraram-se bastante relevantes, com destaque para o fator visão do empresário. Identificou-se uma possível relação entre a existência de mulheres na gestão e a visão do empresário para iniciativas de sustentabilidade. Evidenciou-se, também, o incentivo do governo como mecanismo de fomento importante para as iniciativas de sustentabilidade.
URI: http://hdl.handle.net/10923/7564
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000474596-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo2,8 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.