Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/7850
Tipo: doctoralThesis
Título: Desenvolvimento e propriedades psicométricas da ECO-RV: tarefa ecológica em realidade virtual para avaliação neuropsicológica de idosos
Autor(es): Oliveira, Camila Rosa de
Orientador: Argimon, Irani Iracema de Lima
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica
Fecha de Publicación: 2015
Palabras clave: REALIDADE VIRTUAL
COGNIÇÃO
NEUROPSICOLOGIA
ENVELHECIMENTO
GERONTOLOGIA BIOMÉDICA
Resumen: The use of virtual reality technology in clinical neuropsychology has received emphasis in the areas of assessment and rehabilitation in recent decades. Thereby, this doctoral thesis consisted of four studies with the objective of developing an ecological task in virtual reality for neuropsychological assessment in elderly (the ECO-VR), and provide evidence of its validity and reliability. Overall, the studies were characterized by cross-sectional, quasi-experimental, correlational, and between participants comparison design. At the development stage, the sample included 29 non-specialist judges, who analyzed the representativeness degree of the ECO-VR scene and three-dimensional stimuli, five expert judges have verified the apparent validity of the tasks, and six elderly who responded to the pilot studies. In other thesis studies, initial overall sample included 169 community dwelling elderly, recruited by convenience and snowball technique. In addition, 141 informants were included to respond questionnaires of cognitive complaints and functional capacity in relation to the elderly. After considering the exclusion criteria, final overall sample consisted of 149 elderly, 38 identified with mild cognitive decline, according to international criteria. In addition to the ECO-VR, the instruments used were a socio-demographic and clinical questionnaire, the CAGE questionnaire, the Mini Mental State Examination, the Geriatric Depression Scale-short form, a battery of neuropsychological tests, questionnaires of cognitive complaints and functional capacity. Data distribution was investigated by Kolmogorov-Smirnov, and associations between the scores of ECO-RV and other variables were investigated by Pearson correlation and stepwise multiple linear regression analysis. In the reliability tests, we used the Cronbach's coefficient alpha and the halves method (half-split), by adjusting the value according to the Spearman-Brown formula. Comparisons between groups were performed using chi-square test, Student's t test for independent samples, Mann-Whitney test and univariate analysis, and the effect magnitude was assessed by the Cohen’s d.A discriminant analysis was also carried out with enter method, and variance-covariance homogeneity was investigated with the Shapiro-Wilk test and Box’s M. Results were considered significant when p ≤ 0. 05 and the SPSS 22 version for Windows was used for data analysis. According to the results, the ECO-VR has shown evidence for apparent, criterion, construct, and ecological validity, as well as adequate reliability indices. Correlations between ECO-TV scores and demographic data, neuropsychological performance and functional capacity were found. The inclusion of technological tools in the clinical neuropsychology field seeks to enhance the evaluation methods, particulary in the diagnosis of cognitive disorders associated with aging process.
O uso da tecnologia de realidade virtual na neuropsicologia clínica tem recebido destaque tanto nos contextos de avaliação quanto de reabilitação nas últimas décadas. Assim, a presente tese de doutorado foi composta por quatro estudos com o objetivo de desenvolver uma tarefa ecológica em realidade virtual para avaliação neuropsicológica de idosos (a ECO-RV), bem como prover evidências de validade e de fidedignidade desta. De maneira geral, os estudos caracterizaram-se por um delineamento transversal, quase-experimental, correlacional e entre participantes. Durante a etapa de desenvolvimento da ECO-RV, a amostra incluiu 29 juízes não especialistas, os quais analisaram o grau de representatividade do cenário e estímulos tridimensionais, cinco juízes especialistas que verificaram a validade aparente das tarefas, e seis idosos que responderam aos estudos pilotos. Na realização dos demais estudos da tese, a amostra geral inicial incluiu 169 idosos residentes da comunidade, recrutados por conveniência e pela técnica de snowball. Ademais, foram incluídos 141 informantes que responderam a questionários de queixas cognitivas e de capacidade funcional em relação aos idosos. Após considerar os critérios de exclusão, a amostra geral final foi composta por 149 idosos, sendo 38 identificados com declínio cognitivo leve conforme critérios internacionais. Além da ECO-RV, os instrumentos utilizados foram uma ficha de dados sociodemográficos e clínicos, questionário CAGE, Mini Exame do Estado Mental, Escala de Depressão Geriátrica de 15 itens, uma bateria de testes neuropsicológicos, questionários de queixas cognitivas e de capacidade funcional. A distribuição dos dados foi verificada pelo teste de Kolmogotov-Smirnov, e associações entre os escores da ECO-RV e demais variáveis foram investigadas por correlação de Pearson e análises de regressão linear múltiplas com método stepwise. Nas análises de fidedignidade, utilizou-se o coeficiente de alfa de Cronbach e o método das metades (split-half), cujo valor foi corrigido de acordo com a fórmula de Spearman-Brown. Comparações entre grupos foram realizadas através do teste qui-quadrado, teste t de Student para amostras independentes, teste U de Mann-Withney e análise univariada, e a magnitude de efeito foi verificada pelo d de Cohen. Realizou-se também uma análise discriminante com método enter e a homogeneidade das variâncias-covariâncias foi investigada com os testes de Shapiro-Wilk e M de Box. Resultados significativos foram considerados quando p ≤ 0,05 e utilizou-se o software SPSS versão 22 para Windows para a análise dos dados. De acordo com os resultados, a ECO-RV demonstrou evidências de validade aparente, critério, construto e ecológica, além de adequados índices de confiabilidade. Encontraram-se correlações entre os escores da ECO-RV e dados sociodemográficos, desempenho neuropsicológico e capacidade funcional. A inclusão de ferramentas tecnológicas no campo da neuropsicologia clínica busca incrementar os métodos de avaliação, principalmente na investigação de transtornos cognitivos associados ao processo de envelhecimento.
URI: http://hdl.handle.net/10923/7850
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000477597-Texto+Parcial-0.pdfTexto Parcial449,99 kBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.