Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/8052
Tipo: masterThesis
Título: Autoeficácia e motivação para mudança em adolescentes com sobrepeso/obesidade: estudo de um protocolo de intervenção baseado no modelo transteórico de mudança
Autor(es): Ribeiro, Fernanda de Almeida
Orientador: Oliveira, Margareth da Silva
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Data de Publicação: 2016
Palavras-chave: OBESIDADE - ASPECTOS PSICOLÓGICOS
COMPORTAMENTO (PSICOLOGIA)
SOBREPESO
ADOLESCENTES
PSICOLOGIA CLÍNICA
Resumo: The overweight and obesity increase represents a threat in all countries of the world. A preliminary study with 1136 Brazilian adolescents shows that 20% were overweight and 10% obese. The conventional treatment of obesity is based on reducing calorie intake, increase energy expenditure, behavior change, and family involvement. The Transtheoretical Model of Change (TTM) is a model that works behavior change, seeking an increase in motivation for change and self-efficacy. This dissertation aims to describe and explain an interdisciplinary intervention based on the transtheoretical model of change (TTM) for adolescents with overweight/obesity. The Section I had as goal describe the methodology of Randomized Clinical Trial Modification Lifestyle and Cardiovascular Risk (MERC). The method of this randomized controlled trial is single blinded, with control group and aims to recruit 120 adolescents aged 15 to 18 years with overweight or obese (BMI ≥ 85th percentile). The control group will receive the traditional intervention of health education and the experimental group will receive a motivational and interdisciplinary intervention. The results of this randomized controlled trial will determine if the motivational interdisciplinary intervention based on the transtheoretical model of change has an impact on lifestyle change adolescents with overweight/obesity. The Section II aimed to explore self-efficacy and motivation for behavioral change eating habits and physical exercise in the process of an interdisciplinary intervention based on TTM for overweight/obesity. It was used a quantitative and qualitative descriptive study, ith a pre and post study design test to collect quantitative data and and a multiple case study to collect qualitative data. In this study, there were five adolescents aged between 15 and 18 with overweight/obese. It was applied before and after the intervention the following instruments and evaluations: questionnaire of sociodemographic data, anthropometric profile, self-efficacy to regulate eating habits, self-efficacy for regular exercise and readiness ruler. The results, of the Student t test, show that the variables of interest did not present statistically significant differences (p≤0,001 and p≤0,05). Regarding the impact of the intervention from the estimate of effect size, were classified as small effects for the variable weight and self-efficacy to regulate eating habits and moderate effect for the variables motivation for physical exercise, motivation to change eating habits, waist circumference and self-efficacy to maintain an exercise routine. These initial findings indicate that this intervention has a moderate effect for most variables of interest. The qualitative results show that the intervention had an impact on all participants, some advancing on the motivation to change, but remaining in cognitive processes, and others advancing on behavioral processes. Most of the participants showed an increase in selfefficacy for both target behaviors. This study enabled initial data of the impact of an intervention based on the transtheoretical model of change for overweight /obesity.
O aumento do sobrepeso e da obesidade representa uma ameaça em todos os países do mundo. Um estudo preliminar com 1136 adolescentes brasileiros aponta que 20% apresentaram sobrepeso e 10% obesidade. O tratamento convencional da obesidade fundamenta-se na redução da ingestão calórica, aumento do gasto energético, modificação comportamental e envolvimento familiar. O Modelo Transteórico de Mudança (MTT) é um modelo que trabalha a modificação comportamental, buscando um aumento da motivação para mudança e da autoeficácia. Esta dissertação tem como objetivo descrever e explorar uma intervenção interdisciplinar baseada no modelo transteórico de mudança (MTT) para adolescentes com sobrepeso/obesidade. A Seção I teve como objetivo descrever a metodologia do Ensaio Clínico Randomizado Modificação do Estilo de Vida e Risco Cardiovascular (MERC). O método deste ensaio clínico randomizado é cego simples, com grupo controle e visa recrutar 120 adolescentes de 15 a 18 anos com sobrepeso ou obesidade (IMC ≥ percentil 85). O grupo controle receberá a intervenção tradicional de educação em saúde e o grupo experimental receberá a intervenção interdisciplinar motivacional em grupo. Os resultados desse ensaio clínico randomizado irão determinar se a intervenção interdisciplinar motivacional baseada no modelo transteórico de mudança tem impacto na modificação do estilo de vida dos adolescentes com sobrepeso/obesidade. A Seção II teve como objetivo explorar a autoeficácia e motivação para mudança dos comportamentos hábito alimentar e prática de exercício físico no processo de uma intervenção interdisciplinar baseada no MTT para adolescentes com sobrepeso/obesidade. Utilizou-se um estudo descritivo quantitativo e qualitativo, com um desenho de estudo pré e pós teste para coletar os dados quantitativos, e um estudo de casos múltiplos para coletar os dados qualitativos. Participaram do estudo cinco adolescentes com idade entre 15 e 18 anos com sobrepeso/obesidade. Foram aplicados antes e após a intervenção os seguintes instrumentos e avaliações: questionário de dados sócio-demográficos, perfil antropométrico, autoeficácia para regular hábitos alimentares, autoeficácia para regular exercício físico e régua de prontidão. Os resultados do Teste t de Student apontaram que as variáveis de interesse não apresentaram diferenças estatísticas significativas (p≤0,001 e p≤0,05). Com relação ao impacto da intervenção a partir da estimativa do tamanho do efeito, foram classificados como pequenos os efeitos para as variáveis peso e autoeficácia para regular os hábitos alimentares e efeito moderado para as variáveis motivação para a prática de exercício físico, motivação para mudança de hábito alimentar, circunferência abdominal e autoeficácia para manter uma rotina de exercícios físicos. Estes achados inicias indicam que esta intervenção possui um efeito moderado para a maioria das variáveis de interesse. Os resultados qualitativos apontam que a intervenção teve impacto sobre todos os participantes, alguns avançando na motivação para mudança, mas permanecendo em processos cognitivos, e alguns avançando em processos comportamentais. A maioria dos participantes apresentou um aumento da autoeficácia para os dois comportamentos alvo. Este estudo possibilitou dados iniciais do impacto de uma intervenção baseada no modelo transteórico de mudança para adolescentes com sobrepeso/obesidade.
URI: http://hdl.handle.net/10923/8052
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000478131-Texto+Parcial-0.pdfTexto Parcial487,72 kBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.