Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/8336
Registro completo de metadatos
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorSantos, Bettina Steren dos
dc.contributor.authorSchmitt, Rafael Eduardo
dc.date.accessioned2016-06-02T12:45:53Z-
dc.date.available2016-06-02T12:45:53Z-
dc.date.issued2016pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10923/8336-
dc.description.abstractThe thesis focuses on the subject of student retention on Higher Education, from an integrated look, oriented by the Bioecological Theory of Human Development, from Urie Bronfenbrenner. The research is characterized by a naturalistic-constructivist study, exploratory and of qualitative approach, which primary objective sought to integrate different theoretical perspectives, variables and perceptions of students associated with the persistence at the university. The methodological path involved the realization of a metatheoretical study that analyzed six explanatory models of student persistence/retention, having as object the identification of common elements between them. It was also conducted a systematic literature review in the national and Latin American literature, identifying variables associated with dropout and persistence. And, as a way to signify the results on the students’ view, a case study was carried through 24 academics’ perceptions, of different courses and with different profiles, of a private institution, situated in the metropolitan region of Porto Alegre/RS. The analysis process was based on the bioecological perspective, as well as on the Content Analysis’ technical, from Laurence Bardin. The results were organized in four blocks, according to the specific objectives. On the first block, 33 convergent aspects, associated to the student persistence, are evidenced. They are presented on the models designed by Vincent Tinto, John Bean, Alexander Astin, Ernest Pascarella and Alberto Cabrera and collaborators. The theories demonstrated, between them, a high potential of integration, so that the association between sociological and psychological perspectives proved to be favorable in a way of opening the view over the theoretical field. To the second objective, by the light of Latin American contemporary production on the subject, 102 variables related to students’ dropout/persistence on higher education, were found. Both results were categorized from the constructs person - process - context - time, which proved to be coherent and with high integrative capability. On the third objective, related to the case study, the students emphasized that the certainty about course and profession’s choices, are fundamental aspects to the student persistence. They also emphasized the familiar support, as well as internal features like will, dedication, and commitment, engagement and motivation as main aspects to academic success. Students also realize the influence of different social and environmental levels, so that the student persistence can be affected by several multi-contextual forces, according to the immediate and distant environment in which they are inserted, directly and indirectly. Among the influences perceived in the institutional context, the interviewees underline the important role of teachers as key actors capable of promoting support and encouragement at the institutional level. The overall results also resulted in the development of an integrative diagram, built under the bioecological perspective, as a way to synthesize the results and contribute to the scientific field. Thus, through the development of the methodology, it was possible to build the following thesis: The Bioecological Theory of Human Development has the potential to advance on the understanding of the student’s persistence phenomenon in higher education, being its main virtue the ability to integrate different theoretical approaches, and its main strength, the ability to show multiple environmental influences, as well as the role of time as change and development inductor, necessary for academic and personal progress of students.en_US
dc.description.abstractA tese focaliza o tema da permanência estudantil na Educação Superior a partir de um olhar integrativo, orientado pela Teoria Bioecológica do Desenvolvimento Humano, de Urie Bronfenbrenner. A pesquisa caracterizou-se com um estudo naturalístico-construtivista, de abordagem qualitativa e caráter exploratório, cujo objetivo primário buscou integrar diferentes perspectivas teóricas, variáveis e percepções dos estudantes associadas ao fenômeno da permanência na universidade. A condução metodológica envolveu a realização de um estudo metateórico que analisou seis modelos explicativos sobre persistência/retenção estudantil, tendo como objeto a identificação de elementos comuns entre os mesmos. Também foi conduzida uma revisão bibliográfica sistemática na literatura nacional e latino-americana, com foco na identificação de variáveis associadas à evasão e permanência. E, como forma de significar os resultados na visão dos estudantes, foi realizado um estudo de caso a partir das percepções de 24 acadêmicos, de diferentes cursos e perfis, de uma instituição privada, localizada na região metropolitana de Porto Alegre/RS. O processo de análise esteve pautado na perspectiva bioecológica, bem como, na técnica de Análise de conteúdo, de Laurence Bardin. Os resultados foram organizados em quatro blocos, de acordo com os objetivos específicos. No primeiro, são evidenciados 33 aspectos convergentes associados à permanência estudantil, presentes nos modelos delineados por Vincent Tinto, John Bean, Alexander Astin, Ernest Pascarella e Alberto Cabrera e colaboradores. As teorias demonstraram, entre si, um considerável potencial para integração, de forma que a associação entre perspectivas sociológicas e psicológicas se mostrou favorável no sentido de ampliar a visão sobre o campo teórico. Para o segundo objetivo foram encontradas 102 variáveis relacionadas com a evasão/permanência estudantil na educação superior, a partir da produção latino-americana contemporânea sobre o tema. Ambos resultados, foram categorizados a partir dos construtos pessoa – processo – contexto – tempo, os quais se mostraram coerentes e com elevada capacidade integrativa. No terceiro objetivo, relacionado ao estudo de casos, os estudantes participantes destacam a certeza da escolha pelo curso e pela profissão como aspectos fundamentais para a permanência estudantil. Ressaltam o apoio familiar, bem como, as características internas como a vontade, a dedicação, o empenho, o envolvimento e a motivação como aspectos primordiais para o sucesso acadêmico. Os estudantes também percebem as influências de distintos níveis socioambientais, de forma que a permanência estudantil pode ser afetada por diversas forças multi-contextuais, de acordo com os ambientes imediatos e distantes nos quais estão inseridos direta e indiretamente. Entre as influências percebidas no contexto institucional, os entrevistados destacam o importante papel dos docentes como principais atores capazes de promover suporte, apoio e incentivo no âmbito institucional. O conjunto dos resultados possibilitou, ainda, a elaboração de um diagrama integrativo, construído sob a ótica bioecológica, como meio de sintetizar os resultados e contribuir para o campo científico, a partir da exploração teórica realizada. Dessa forma, a partir da condução metodológica, foi possível construir a seguinte tese: A Teoria Bioecológica do Desenvolvimento Humano apresenta potencial para avançar na compreensão do fenômeno da permanência estudantil na educação superior, sendo sua principal virtude a capacidade de integrar diferentes abordagens teóricas e, suas principais forças, a possibilidade de evidenciar as múltiplas influências socioambientais, bem como, o papel do tempo como indutor de mudança e desenvolvimento, necessários para o progresso acadêmico e pessoal dos estudantes.pt_BR
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.publisherPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.rightsopenAccessen_US
dc.subjectEVASÃO UNIVERSITÁRIApt_BR
dc.subjectDESENVOLVIMENTO HUMANOpt_BR
dc.subjectENSINO SUPERIORpt_BR
dc.subjectEDUCAÇÃOpt_BR
dc.titleA permanência na universidade analisada sob a perspectiva bioecológica: integração entre teorias, variáveis e percepções estudantispt_BR
dc.typedoctoralThesispt_BR
dc.degree.grantorPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentFaculdade de Educaçãopt_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Educaçãopt_BR
dc.degree.levelDoutoradopt_BR
dc.degree.date2016pt_BR
dc.publisher.placePorto Alegrept_BR
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000478733-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo2,64 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.