Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/8368
Registro Completo de Metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorPagnoncelli, Rogério Miranda
dc.contributor.authorCenci, Rodrigo Alberto
dc.date.accessioned2016-06-02T12:46:56Z-
dc.date.available2016-06-02T12:46:56Z-
dc.date.issued2016pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10923/8368-
dc.description.abstractThis study is part of a project that aimed to evaluate by means of micro-computed tomography (μCT) image analysis bone density in rabbit calvarial defects treated with low-level laser therapy (LLLT) after filling with blood clot, autogenous bone, and BIO-OSS®. Twenty-nine clinically healthy male New Zealand rabbits weighing 3 to 4 kg each were used in the study. Three bone defects were produced in each rabbit, for a total of 87 defects that were randomly divided into six groups: three experimental groups that received LLLT (EI, EII, and EIII) and three control groups that did not receive LLLT (CI, CII, and CIII). Defect size was 8 mm2 in diameter. The CI and EI defects were filled with blood clot. The CII and EII defects were filled with autogenous bone. The CIII and EIII defects were filled with BIO-OSS®. The experimental groups received LLLT at spot doses of 10 J per session, while the control groups received sham irradiation. Laser irradiation was performed with an aluminum-gallium-arsenide (AlGaAs) laser diode (Thera Lase®) at a wavelength of 830 nm (infrared LLLT was performed every 48 hours after surgery for a total of eight sessions. The animals were euthanized 30 days after surgery, 15 days after the last LLLT session. μCT analyses were conducted using the Skycan 1176 μCT scanner (Skyscan Kontich, Belgium).Samples were analyzed by μCT to identify the percentage bone density compatible with a radiographic image of low, moderate, or high bone density and to evaluate the influence of LLLT on the process of new bone formation. In order to analyze bone density and thus evaluate new bone formation in the surgical site, the region of interest was delimited by drawing a cube (2 mm3) in the central area of the defect and entirely within the region filled with blood clot, autogenous bone, or BIO-OSS®. The results showed that bone density was higher in defects treated with BIO-OSS® in combination with LLLT (group EIII), followed by the nonirradiated BIO-OSS®-grafted group (CIII). In groups where the defects were filled with autogenous bone, bone density was similar for both experimental and control groups. In groups with defects filled with blood clot, bone density was low for both experimental and control groups. We conclude that the combination of BIO-OSS® with LLLT promoted the formation of bone of high radiographic density and that μCT is a reliable technique to measure bone density.en_US
dc.description.abstractEste estudo é parte de um projeto que teve por objetivo avaliar por meio de imagens obtidas em microtomógrafos computadorizados, as diferentes tonalidades de cinza em calotas cranianas de coelhos, submetidas a ação da terapia com laser de baixa potência, após o preenchimento de defeitos ósseos com coágulo sanguíneo, osso autógeno e BIO-OSS®. Para tanto foram utilizados 29 coelhos da raça Nova Zelândia, machos, pesando entre 3 e 4 Kg, clinicamente sadios. Em cada coelho foi realizado três defeitos ósseos, gerando um total de 87 defeitos que foram distribuídos aleatoriamente em seis grupos: Três grupos experimentais (com Laserterapia) EI, EII e EIII e três grupos controle (sem Laserterapia), CI, CII e CIII. Cada defeito ósseo possuía 8 mm2 de diâmetro. Os defeitos dos grupos CI e EI foram preenchidos com coágulo sanguíneo. Os defeitos dos grupos CII e EII foram preenchidos com osso autógeno. Os defeitos dos grupos CIII e EIII foram preenchidos com BIO-OSS®. Os grupos experimentais, foram submetidos a LLLT, recebendo doses pontuais de 10J por sessão enquanto no grupo controle foi simulado uma irradiação com Laser. O aparelho utilizado foi o Thera Lase®, laser de diodo infravermelho com meio ativo GaAlAs (Arseneto de Gálio e Alumínio), com comprimento de onda de 830nm. Os animais foram eutanasiados 30 dias após a cirurgia, sendo 15 dias após a última das 8 sessões de LLLT. A Laserterapia era realizada em intervalos de 48 horas. As amostras foram analisadas no aparelho de microtomografia computadorizada Skycan 1176 (Skyscan Kontich, Bélgica) do LAMIR. As amostras foram submetidas à μTC a fim de identificar a porcentagem do osso neoformado compatível com imagem radiográfica com baixos valores de cinza, valores médios de cinza e valores altos de cinza e também, verificar a influência da irradiação com Laser no processo de neoformação óssea. Para análise da densidade óssea através dos valores de cinza, foi desenhado um cubo com 2mm3 na região central do defeito ósseo, totalmente inscrito na região do material enxertado. Os resultados obtidos demonstraram que os valores de cinza observados nas imagens foram maiores na associação entre BIO-OSS® e Laser (EIII), seguido da inserção do BIO-OSS® sem aplicação do Laser. Nos grupos onde o defeito foi preenchido com osso autógeno, os valores de cinza encontrados nas imagens foram similares entre os grupos experimentais e controle. Nos grupos onde observou-se a neoformação óssea pelo coágulo sanguíneo, os valores de cinza observados foram baixos para os dois grupos. Concluiu-se neste estudo que a associação entre BIO-OSS® e Laser, proporcionou a formação de um tecido ósseo com alta densidade radiográfica e também que o microtomógrafo é um equipamento confiável para avaliar a densidade óssea através do dimensionamento dos níveis de cinza.pt_BR
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.publisherPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.rightsopenAccessen_US
dc.subjectLASER (ODONTOLOGIA)pt_BR
dc.subjectTOMOGRAFIA COMPUTADORIZADApt_BR
dc.subjectMATERIAIS BIOCOMPATÍVEISpt_BR
dc.subjectCIRURGIA BUCOMAXILOFACIALpt_BR
dc.subjectODONTOLOGIApt_BR
dc.titleAnálise da densidade óssea através da microtomografia computadorizada em calota craniana de coelhos submetidos a enxertia de bio-oss e osso autógeno sob a ação do laser de baixa potênciapt_BR
dc.typedoctoralThesispt_BR
dc.degree.grantorPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentFaculdade de Odontologiapt_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Odontologiapt_BR
dc.degree.levelDoutoradopt_BR
dc.degree.date2016pt_BR
dc.publisher.placePorto Alegrept_BR
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000478864-Texto+Parcial-0.pdfTexto Parcial324,15 kBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.