Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/10696
Tipo: doctoralThesis
Título: Identificação genética e estudos populacionais utilizando microssatélites (STR) em equinos, bovinos e caninos domésticos provenientes do Uruguai, Paraguai e Brasil
Autor(es): Gastaldo, André Zoratto
Orientador: Alho, Clarice Sampaio
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Palavras-chave: GENÉTICA ANIMAL
GENÉTICA POPULACIONAL
BIOLOGIA CELULAR
BIOLOGIA MOLECULAR
Data de Publicação: 2017
Resumo: O avanço da identificação molecular humana pelo estudo dos marcadores genéticos STR (Short Tandem Repeats) induziu e propiciou o crescimento também da identificação genética animal. Contudo, ao contrário da área humana, a identificação molecular animal ainda carece de validações dos sistemas de análise e de estudos populacionais para que seja considerada fidedigna no grau que se necessita. Apenas recentemente a ISAG (International Society for Animal Genetics) recomendou marcadores STR adequados para discriminação individual em espécies de animais domésticos. A identificação genética animal exata e precisa é buscada para fornecer, a entidades, associações, criadores e proprietários em geral, garantias de que seus animais são, de fato, oriundos de reprodutores confiáveis. Apenas registros genealógicos fidedignos e autênticos garantirão, por exemplo, eficiência nos processos de melhoramento genético. Mesmo sendo uma área promissora, neste momento há somente duas opções no mercado de kits comerciais para genotipagem animal. Mas seu uso tem sido preterido por laboratórios do ramo, os quais acabam preparando seus próprios painéis (in house) de identificação, utilizando os marcadores genéticos recomendados para atender suas demandas locais de forma customizada. Contudo, se não forem conhecidas as frequências dos alelos presentes nestes marcadores genéticos na população em estudo e não for estimado o real poder de discriminação que estes fornecem, as análises realizadas e os resultados obtidos poderão gerar interpretações equivocadas ou imprecisas. No presente trabalho, foram utilizados três painéis de marcadores genéticos STR com todos os loci recomendados pela ISAG, capazes de identificar indivíduos equinos, bovinos e caninos.Frequências alélicas e outros parâmetros como heterozigosidade, conteúdo de informação de polimorfismo, poder de exclusão e de discriminação foram obtidos a partir de amostras significativas em raças presentes no Rio Grande do Sul/Brasil, no Uruguai e no Paraguai, para que sejam usados na prática da genética animal com fins de identificação. Além disso, estudos populacionais comparativos dentro e entre raças também foram realizados, com o intuito de avaliar a diversidade genética das populações animais estudadas.
The evolution in human identification through the study of genetic markers STR (Short Tandem Repeats) induced and propitiated the growth also of animal genetic identification. However, contrary to what occurs in the human domain, animal molecular identification still lacks validation of analysis systems and population studies to be considered reliable to the degree required. Only recently the International Society for Animal Genetics (ISAG) has recommended STR markers suitable for individual discrimination in domestic animal species. Accurate animal genetic identification is sought to provide entities, associations, breeders and owners in general with assurances that their animals are in fact derived from reliable breeders. Only reliable and authentic genealogical records will ensure, for example, efficiency in genetic breeding processes. Even though it is a promising area, there are currently only two options in the market for commercial kits for animal genotyping. But its use has been deferred by specialized laboratories in the field, which end up preparing their own identification panels, using the recommended genetic markers to meet their local demands more specifically. However, if the frequencies of the alleles present in these genetic markers in the study population are not known and the real power of discrimination that they provide is not estimated, the analyzes performed and the results obtained may generate misleading or imprecise interpretations. In the present study, three panels of STR genetic markers were used with all loci recommended by ISAG, capable of identifying equine, bovine and canine individuals.Allelic frequencies and other parameters such as heterozygosity, polymorphism information content, power of exclusion and power of discrimination were obtained from significant samples in breeds present in Rio Grande do Sul (Southern Brazil), Uruguay and Paraguay, to be used in the practice of animal genetics for identification purposes. In addition, comparative population studies within and among breeds were also carried out, in order to evaluate the genetic diversity of the animal populations studied.
URI: http://hdl.handle.net/10923/10696
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese (Biologia Celular e Molecular)

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000484837-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,33 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.