Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/4736
Tipo: masterThesis
Título: Avaliação da produção e função surfatante através de testes de maturidade pulmonar no aspirado gástrico de recém-nascidos a termo com taquipnéia transitória
Autor(es): Machado, Liane Unchalo
Orientador: Fiori, Renato Machado
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Pediatria e Saúde da Criança
Data de Publicação: 2008
Palavras-chave: MEDICINA
PEDIATRIA
SURFACTANTES PULMONARES
TESTES DE FUNÇÃO RESPIRATÓRIA
RECÉM-NASCIDO
Resumo: INTRODUÇÃO: Taquipnéia transitória do recém-nascido (TTRN) é uma causa freqüente de dificuldade respiratória nos primeiros dias de vida e tem sido atribuída, basicamente, a um retardo na absorção do líquido pulmonar fetal. Tem sido levantada suspeita de que uma deficiência ou disfunção do sistema surfactante esteja envolvida na patogênese da doença. OBJETIVO: Quantificar os corpos lamelares e a função surfatante, no aspirado gástrico de recém-nascidos a termo, nascidos de parto cesáreo, com diagnóstico clínico inicial de taquipnéia transitória, através da contagem destes corpos e do teste das microbolhas estáveis (TME). MÉTODOS: Foi realizado um estudo caso-controle incluindo 42 pacientes com idade gestacional ≥ 37 semanas de gestação (21 com diagnóstico clínico inicial de TTRN e 21 sem disfunção respiratória), todos nascidos de parto cesáreo, tendo sido feito nestes recém-nascidos aspirado gástrico nos primeiros minutos de vida para a CCL e para o TME. Os pacientes com dificuldade respiratória foram seguidos clinicamente para avaliação da gravidade do quadro respiratório. A dificuldade técnica na feitura da CCL, devido à consistência espessa da secreção gástrica, foi superada pelo uso de um fluidificante (dithiothreitol). RESULTADOS: Os pacientes com TTRN e controles eram comparáveis no que se refere ao peso ao nascer, idade gestacional, sexo e escore de Apgar. Na comparação entre os grupos a contagem dos corpos lamelares e das microbolhas estáveis foi significativamente menor no grupo com TTRN (CCL 68. 000±56. 000/μL x 129. 000±72. 000/μL – p=0,004 e TME 48±39 x 81±33 microbolhas/mm2 – p=0,013). Os recém-nascidos com TTRN que ficaram mais de 24 horas após o nascimento em oxigênio tiveram uma CCL significativamente mais baixa que os que ficaram menos de 24 horas em oxigênio (41. 000±25. 000 x 104. 000±66. 000 - p=0,029).Quando o ponto de corte foi de 48 horas o valor de p foi 0,055. Com relação ao TME observou-se diferença significativa apenas no ponto de corte de 48 horas (28±31 x 56±39 microbolhas/mm2 - p=0,047). CONCLUSÕES: Os dados sugerem que recém-nascidos a termo com TTRN têm uma baixa produção de corpos lamelares associada, a uma reduzida função surfatante, e que quanto maiores forem estas alterações maior chance da criança ter uma doença mais prolongada.
BACKGROUND: Transient tachypnea of the newborn (TTN) is a frequent cause of respiratory distress in the first days of life and has been attributed, basically, to a delay of absorption of lung fetal fluid. It has been suspected that surfactant deficiency plays a role in the pathogenesis of the disease. OBJECTIVE: The objective of this study was to quantify lamellar bodies and to evaluate surfactant function in gastric aspirates of term newborn infants, born through cesarean section, with the initial clinical diagnosis of TTN, through the lamellar body count (LBC) and the stable microbubble test (SMT). METHODS: It was performed a case-control study in 42 patients with gestational age ³ 37 weeks (21 with initial clinical diagnosis of TTN, and 21 without respiratory distress), all born of cesarean section, being done in these newborns gastric aspirate for LBC and SMT in the first minutes of life. The patients with respiratory distress were followed clinically to evaluate the severity of the respiratory distress. The technical difficulty to perform the LBC, due to the thickness of the gastric fluid was overcome by the use of a fluidifying agent (dithiothreitol). RESULTS: The patients with TTN and controls were comparable as far as birth weight, gestational age, gender and Apgar score. When comparing the groups the LBC and the stable microbubbles were significantly lower in the TTN group (LBC 68,000±56,000/μL x 129,000±72,000/μL – p=0. 004 e SMT 48±39 x 81±33 microbubbles/mm2 – p=0,013). The newborn infants with TTN who stayed more than 24 hours after birth in oxygen had a LBC significantly lower than the infants who stayed less than 24 hours in use of oxygen (41,000±25,000 vs. 104,000±66,000 - p=0,029).When the cutoff point was 48 hours the p value was 0. 055. As far as the SMT it was observed a significant difference only with the cutoff point of 48 hours. (28±31 x 56±39 microbubbles/mm2 - p=0,047). CONCLUSIONS: The data suggest that term newborn infants with TTN have low production or/and destruction of lamellar bodies associated to decreased surfactant function and that the more significant are these alterations more chances will have the infant of a more prolonged disease.
URI: http://hdl.handle.net/10923/4736
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000413359-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,41 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.