Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/540
Tipo: doctoralThesis
Título: Efeitos da terapia laser de baixa potência sobre o reparo ósseo: avaliação do osso submetido à radioterapia e do efeito sistêmico
Autor(es): Batista, Jonas Dantas
Orientador: Pagnoncelli, Rogério Miranda
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Odontologia
Fecha de Publicación: 2011
Palabras clave: ODONTOLOGIA
CIRURGIA BUCOMAXILOFACIAL
TRAUMATOLOGIA BUCOMAXILOFACIAL
LASER - ODONTOLOGIA
REPARAÇÃO ÓSSEA (ODONTOLOGIA)
Resumen: The low level laser therapy (LLLT) is used to accelerate bone repair with positive results; however, there is no study that evaluate its effect on bone compromised by ionizing radiation (IR). Another issue to be investigated is the existence of systemic effects on bone healing when the laser is applied distant from the area of the surgical bone defect. This study aimed to investigate: 1 - The effect of LLLT on bone healing in femurs previously irradiated by radiotherapy. 2 - The systemic effect of LLLT on bone repair. In the first study, twenty Wistar rats were divided into four groups: group I (control, n = 5) which was submitted only to surgical perforation (SP) of the bone; group II, submitted to SP and LLLT (n = 5); group III, submitted to IR and then SP (n = 5); and group IV, submitted to IR, SP and LLLT (n = 5). Groups II and IV received punctual laser application (DE = 6J/cm2, P = 50mW, t = 120s, and beam diameter of 0. 04cm2) immediately postoperatively, and then three times at every other 48h. Animals were euthanized at 7 days after surgery, and bone sections were evaluated morphometrically with conventional microscopy. Bone repair was only observed in non-irradiated bone, with significantly improvement in group II in comparison to group I. This result demonstrates a positive local biostimulative effect of LLLT in normal bone. However, it was not able to revert the metabolic damage associated to ionizing irradiation. In the second study, forty-five Wistar rats were submitted to osteotomy on left femur and randomly allocated into three different groups: group I, control (n = 15) submitted to confection of the bone defect only; group II, laser applied in the right femur (n = 15); group III, laser applied locally on bone defect and also on the right femur (n = 15). Laser groups (II and III) received the same laser protocol described above. Five animals of each group (n = 5) were euthanized 7, 15 and 21 days after surgery. The histomorphometric analysis showed at 7 days a significant increase of bone formation in group III compared to group I and II. At day 15 and 21, histomorphometric analysis showed no significant differences among the groups. Laser therapy presented a positive local biostimulative effect in early stage of bone healing, but a systemic effect was not observed.
A laserterapia de baixa potência (LTBP) tem sido utilizada para acelerar o processo dereparo no tecido ósseo com resultados positivos; entretanto, não existem estudos que avaliem seuefeito sobre o osso comprometido pela radioterapia. Outra questão importante a ser investigada éa existência de um possível efeito sistêmico sobre o reparo ósseo quando o laser é aplicadodistante da área do defeito ósseo cirúrgico. A presente pesquisa teve por objetivo investigar: 1- Oefeito da LTBP sobre o reparo ósseo de fêmures previamente submetidos à radioterapia. 2- Oefeito sistêmico (dose distante do defeito) da LTBP sobre o reparo ósseo. No primeiro estudo, vinte ratos machos (Rattus norvegicus, Wistar) foram distribuídos em 4 grupos com 5 animais emcada um: grupo I, submetidos à osteotomia no fêmur (OF); grupo II, submetidos à OF e LTBP; grupo III, submetidos à radioterapia no fêmur (RDT) e após 1 mês, à OF e grupo IV, submetidosà RDT e após 1 mês, OF e LTBP. Os grupos II e IV foram submetidos à LTBP (Arsenato deGálio e Alumínio - GaAlAs, = 830nm; DE = 6J/cm2, P = 50mW, t = 120s, e diâmetro do feixede 0. 04cm2) durante a cirurgia e no período pós-operatório, a cada 48 horas. Os animais foramsubmetidos à eutanásia 7 dias após a cirurgia, o osso avaliado histomorfometricamente commicroscopia de luz. O reparo ósseo foi observado somente nos grupos I e II, com um aumentosignificante no grupo II em comparação com o grupo I (ANOVA, teste de Bonferroni, P0,001). Esse resultado demonstra o efeito positivo da LTBP no osso normal. Entretanto, não foi possívelobservar efeito benéfico no osso comprometido pela radiação ionizante. No segundo estudo, quarenta e cinco ratos machos foram distribuídos em 3 grupos com 15 animais em cada: grupo Isubmetidos à osteotomia no fêmur (OF); grupo II, submetidos à OF e LTBP no fêmurcontralateral; grupo III, submetidos à OF e LTBP em ambos os fêmures. Os grupos II e III foramsubmetidos à mesma LTBP já descrita. Os animais foram eutanasiados nos períodos de 7, 15 e 21dias após a cirurgia e o osso foi avaliado histomorfometricamente com microscopia de luz. Aanálise histomorfométrica mostrou no período de 7 dias, um aumento significante de ossoneoformado no grupo III em comparação com os grupos I e II (ANOVA, teste de Bonferroni, P0. 005). Nos períodos de 15 e 21 dias a análise histomorfométrica não mostrou diferença entreos grupos. Podemos concluir que a LTBP apresentou um efeito local positivo sobre o reparoósseo, porém, não foi observado efeito sistêmico.
URI: http://hdl.handle.net/10923/540
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000433234-0.pdfTexto Completo2,55 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.