Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/6868
Tipo: doctoralThesis
Título: Múltiplas faces femininas da tessitura literária de Inês Sabino
Autor(es): Silveira, Sinéia Maia Teles
Orientador: Hohlfeldt, Antônio Carlos
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Letras
Data de Publicação: 2014
Palavras-chave: LITERATURA BRASILEIRA - HISTÓRIA E CRÍTICA
SABINO, INÊS - CRÍTICA E INTERPRETAÇÃO
MULHERES NA LITERATURA
Resumo: Este trabalho incursiona pela prosa de Inês Sabino, numa dupla perspectiva, literária e de gênero. O corpus consta dos volumes Contos e lapidações (1891) e Lutas do coração ([1898] 1999). O texto discute o processo de tessitura identitária da autora, reconhecendo-a como uma ex-cêntrica do século XIX. A preocupação central deste estudo é a análise dos recursos retóricos que cooperam para o avanço da prosa sabiniana a um patamar literário mais refinado, tais como a figura do narrador, o autor implícito, o uso de metatextualidades, de metaficções e da conversa com o leitor, além de elementos que permitem arrolar sua produção como um exemplo do Bildungsroman feminino (PINTO, 1990). A análise ratifica a hipótese formulada, revelando, na tessitura narrativa, os mecanismos pelos quais a autora, mantendo-se aparentemente fiel ao modelo de romance masculino da época, rompe, contudo, com o mesmo, abrindo espaços para a reflexão a respeito da autonomia da personagem feminina em sua sociedade, o que caracteriza o Bildungsroman feminino.
This paper is about Inês Sabino’s prose from the literary and gender’s perspective. The corpus is composed by the books Contos e lapidações (1891) and Lutas do coração ([1898] 1999). The text discusses the author’s process of identity construction, recognizing her as an ex-eccentric from the XIX century. The main purpose of this study is the analysis of the rhetoric’s resources that cooperate to lead Sabino’s prose to a more refined literary level, as the narrator, the implicit author, the use of metatextualities, metafictions and dialogues with the reader. She also uses elements that categorize her production as an example of woman’s Bildungsroman (PINTO, 1990). The analysis ratifies the formulated hypothesis, revealing, in the narrative construction, how the author breaks with the model of masculine romance from that age and initiates a reflection about the autonomy of woman’s character in her society, what is called the women’s Bildungsroman.
URI: http://hdl.handle.net/10923/6868
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000462115-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo9,86 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.