Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: https://hdl.handle.net/10923/17035
Registro Completo de Metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorBellini, Maria Isabel Barros
dc.contributor.authorRonsani, Ana Paula Vargas
dc.date.accessioned2021-04-29T12:05:21Z-
dc.date.available2021-04-29T12:05:21Z-
dc.date.issued2021pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/10923/17035-
dc.description.abstractEsta dissertação investigou como o tema da participação vem sendo discutido nas produções científicas do Serviço Social, no período de 1990 a 2018. Para constituir esta pesquisa, foram problematizadas algumas questões tais como: como é discutido o tema nas produções científicas, considerando as conjunturas e determinações sócio-políticas e econômicas; quais os recursos/estratégias apontados na produção que contribuem ou limitam a participação; como contribuir para qualificar a intervenção da categoria a fim de ampliar o debate acerca do tema. Com o intuito de responder as indagações supracitadas, a pesquisa foi fundamentada pelo método materialista dialético histórico crítico de corrente Marxista, pois esta possibilitou analisar a realidade social através de interpretações históricas e transformações sociais. Dessa forma, a concepção de participação se relaciona com categorias essenciais do método, sendo eles: a historicidade, totalidade, contradição e mediação. O estudo caracterizou-se de abordagem mista, ancorando-se na pesquisa bibliográfica utilizada por Roque Moraes (1999). As fontes para coleta de dados foram a Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações (BDTD), Revistas da Área do Serviço Social com Qualis Capes A1, A2. A partir dos critérios de inclusão, foram selecionadas 33 produções para o corpus de análise dessa dissertação. Os resultados trouxeram a participação como construção coletiva, direito e exercício da cidadania; os recursos explanados nas produções que contribuem para a participação direcionam ações em espaços institucionalizados, como os conselhos; o fazer profissional está diretamente amparado no projeto ético-político profissional vinculado a ações educativas.pt_BR
dc.description.abstracten_US
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.publisherPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.rightsopenAccessen_US
dc.subjectPRODUÇÃO CIENTÍFICApt_BR
dc.subjectSAÚDEpt_BR
dc.subjectSERVIÇO SOCIALpt_BR
dc.titleDilemas e desafios do processo de participação na área da saúde: uma análise a partir da produção científica do Serviço Socialpt_BR
dc.typemasterThesispt_BR
dc.degree.grantorPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentEscola de Humanidadespt_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Serviço Socialpt_BR
dc.degree.levelMestradopt_BR
dc.degree.date2021pt_BR
dc.publisher.placePorto Alegrept_BR
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000499395-Texto+completo-0.pdfTexto completo40,86 kBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.