Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: https://hdl.handle.net/10923/3680
Registro completo de metadatos
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorSchneider, Rodolfo Herbertoen_US
dc.contributor.authorBassuino, Mauricio Sprengeren_US
dc.date.accessioned2013-08-07T18:57:07Z-
dc.date.available2013-08-07T18:57:07Z-
dc.date.issued2013pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10923/3680-
dc.description.abstractIndivíduos com lesão medular são mais vulneráveis à perda de massa óssea, devido à reduzida atividade física e menor exposição solar, o que pode refletir nos valores do paratormônio (PTH) e vitamina D.Objetivo : Mensurar valores séricos de PTH, cálcio e vitamina D em portadores de lesão medular por trauma.Metodologia : Estudo transversal em homens portadores de lesão medular por traumatismo da Associação dos lesados medulares do Rio Grande do Sul (LEME) e Associação Canoense de Deficientes Físicos (ACADEF), Brasil. Foi aplicado um questionário com dados socioeconômicos e de saúde, além da mensuração de PTH, cálcio e vitamina D. Para a análise dos dados foi utilizada a correlação linear e o teste do Qui-quadrado. Foram significativos os valores de p≤0,05.Resultados : A idade média dos participantes foi de 35,52±9,78 anos. O tempo médio de lesão foi de 6,09±5,55 anos (paraplegia de 6,07±5,87 e tetraplegia de 6,17±4,55 anos). A concentração média de vitamina D foi 19,04±6,98 ng/mL (paraplegia de 20,13±7,18 ng/mL e tetraplegia de 15,27±4,92 ng/mL). A concentração sérica de cálcio total foi de 9,54±0,52 mg/dL, não tendo variação entre os indivíduos com tetra e paraplegia. Os níveis médios de paratormônio foram de 34,81±10,84 pg/mL (paraplegia de 33,43±8,61 pg/mL e tetraplegia de 39,59±16,19 pg/dL). Indivíduos com exposição solar superior a 2 horas por dia apresentaram valores de vitamina D mais elevados em relação aos que se expunham até uma hora por dia (p=0,001) e sujeitos com maior tempo de lesão apresentaram valores de vitamina D mais reduzidos (p=0,029).Conclusão : A vitamina D se mostrou mais elevada nos sujeitos com um tempo de exposição solar superior a 2 horas por dia e mais reduzida naqueles com maior tempo de lesão medular. O valor médio de vitamina D está classificado na faixa deficiente.pt_BR
dc.description.abstractIndividuals with spine cord injury are more vulnerable to bone loss due to reduced physical activity and lower sun exposure, which may reflect the values of parathyroid hormone (PTH) and vitamin D.Objective : Measure serum PTH, calcium and vitamin D in patients with spinal cord injury by trauma.Methods : Cross-sectional study in men with spinal cord injury of the Associação dos Lesados Medulares do Rio Grande do Sul (LEME) and Associação Canoense de Deficientes Físicos (ACADEF), Brazil. It was applied a questionnaire with socioeconomic and health data, and the measurement of PTH, calcium and vitamin D. For data analysis we used the linear correlation and chi-square. Were significant p values ≤ 0. 05.Results : The mean age of participants was 35. 52 ± 9. 78 years. The mean time lesion was 6. 09 ± 5. 55 years (6. 07 ± 5. 87 for paraplegia and 6. 17 ± 4. 55 years for tetraplegia). The mean concentration for vitamin D was 19. 04 ± 6. 98 ng / mL (20. 13 ± 7. 18 for paraplegia ng / mL and 15. 27 ± 4. 92 for tetraplegia ng / mL). The serum total calcium was 9. 54 ± 0. 52 mg / dL, with no variation between individuals with paraplegia and tetraplegia. Mean levels of parathyroid hormone was 34. 81 ± 10. 84 pg / mL (33. 43 ± 8. 61 for paraplegia pg / ml and 39. 59 ± 16. 19 for tetraplegia pg / dL). Individuals with sun exposure more than 2 hours per day of vitamin D had higher values than those who were exposed to an hour per day (p = 0. 001) and subjects with longer lesions showed lower values of vitamin D (p = 0. 029).Conclusion : Vitamin D showed higher in subjects with a time of sun exposure greater than 2 hours per day and lowest in those with longer duration of spinal cord injury. The average value of vitamin D is in the range rated poor.en_US
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.publisherPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.subjectMEDICINApt_BR
dc.subjectGERONTOLOGIApt_BR
dc.subjectGERIATRIApt_BR
dc.subjectMEDULA ÓSSEApt_BR
dc.subjectOSSOS - DOENÇASpt_BR
dc.subjectVITAMINA Dpt_BR
dc.subjectCÁLCIO - METABOLISMOpt_BR
dc.titleAvaliação dos níveis séricos de paratormônio e vitamina D em homens com lesão medular por traumatismopt_BR
dc.typemasterThesispt_BR
dc.degree.grantorPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentInst. de Geriatria e Gerontologiapt_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédicapt_BR
dc.degree.levelMestradopt_BR
dc.degree.date2013pt_BR
dc.publisher.placePorto Alegrept_BR
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000448881-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo881,86 kBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.