Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/10566
Tipo: masterThesis
Título: Confrontando visualidades no fotojornalismo de Veja e IstoÉ: práticas fotográficas e fotorreportagens na segunda metade dos anos 1970
Autor(es): Proença, Caio de Carvalho
Orientador: Monteiro, Charles
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em História
Fecha de Publicación: 2017
Palabras clave: FOTOJORNALISMO - HISTÓRIA
IMPRENSA - HISTÓRIA
DITADURA MILITAR, 1964-1985 - BRASIL
HISTÓRIA
Resumen: Impulsionados pelos ânimos dos movimentos estudantis e greves de trabalhadores, fotógrafos contratados e freelancers buscaram ocupar espaços e conquistar direitos trabalhistas dentro de jornais e revistas nas principais cidades do Brasil ao longo da segunda metade da década de 1970. O objetivo deste trabalho é analisar a prática fotográfica, a organização interna das equipes, e como pautas semelhantes foram publicadas nas revistas Veja e IstoÉ de 1976 a 1979. Com base no uso da fonte visual e oral, apresento ao leitor a proposta de cada revista, focando nas semelhanças e diferenças das práticas fotográficas e dos posicionamentos editoriais dos dois periódicos. O confronto visual existente entre as duas equipes marcou o ambiente vivido pelos fotógrafos na segunda metade dos anos 1970. A vontade de ter mais espaço nas páginas, a criação de editorias de fotografias, a busca por liberdade de escolha das fotografias publicadas, de melhores condições de trabalho e do controle e posse de sua produção autoral começou a ser debatido pelas duas equipes neste período. Compreender como se deu a formação das duas equipes fotográficas nas revistas possibilita entender as diferentes práticas fotojornalísticas dos anos 1970, que compreende desde a ida do fotógrafo às ruas, a revelação dos negativos, escolha da fotografia, diagramação nas páginas da revista e acompanhamento de um alinhamento editorial com o uso da imagem. A dissertação explicita detalhes deste processo a fim de apresentar ao leitor como se define o fotojornalismo de Veja e IstoÉ neste período, qual o formato destas duas revistas e quem ali trabalhou para a produção de uma visualidade dos centros urbanos no Brasil em processo de abertura política na segunda metade dos anos 1970.
Driven by the mood of student movements and workers' strikes, freelancers and contracted photographers sought to occupy spaces and conquer labor rights within newspapers and magazines in the main cities of Brazil during the second half of the 1970s. The objective of this work is to analyze the photographic practice, the internal organization of the photographic staffs, and how similar photo reportages were published in the magazines Veja and IstoÉ from 1976 to 1979. Based on the use of the visual and oral source, I present to the reader the proposal of each Magazine, focusing on the similarities and differences of the photographic practices and editorial positions of these two journals. The visual confrontation between the two teams marked the atmosphere experienced by photographers in the second half of the 1970s in Brazil. The desire to have more space on the pages, the creation of photo editorials, the search for more freedom of choice of published photographs, better working conditions and the control and ownership of its authorial production began to be debated by the two teams in this period. Understanding how the two photographic teams formed in the magazines makes it possible to understand the different photojournalistic practices of the 1970s, ranging from the photographer's journey to the streets, the development of the negatives, the choice of each photograph, the layout of the magazine pages and the editorial alignment with the use of the image. This dissertation explains the details of this process in order to present to the reader the definition of photojournalism in this period, the format of these two magazines and who worked there to produce a visuality of urban centers in Brazil in the process of political opening in the second half of the 1970s.
URI: http://hdl.handle.net/10923/10566
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000484598-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo12,63 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.