Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/10665
Tipo: masterThesis
Título: Políticas identitárias e de conjugalidades: agenciamentos na Galeria LGBTT do Presídio Central de Porto Alegre
Autor(es): Silva, Gabriela Baptista
Orientador: Pizzinato, Adolfo
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Fecha de Publicación: 2017
Palabras clave: SEXUALIDADE
IDENTIDADE SEXUAL
RELAÇÕES DE GÊNERO
PRESÍDIO CENTRAL - PORTO ALEGRE (RS)
PSICOLOGIA SOCIAL
Resumen: O presente estudo tem como objetivo a compreensão sobre os agenciamentos de políticas identitárias e de conjugalidades em uma ala exclusiva para pessoas travestis, companheiros de travestis, gays, bissexuais e seus companheiros, no Presídio Central de Porto Alegre. A coleta de dados dessa pesquisa se deu por meio de entrevistas individuais e de registros em diário de campo das intervenções coletivas. Utilizam-se como dimensão metodológica os pressupostos da Teoria Fundamentada e, como proposta analítica, as concepções dialógicas e as derivadas das críticas do feminismo negro estadunidense sob uma perspectiva interseccional. Através destes aportes teóricos propõe-se uma compreensão das formas estratégicas de agenciamento de si no território carcerário engendradas por pessoas em detenção nesta galeria, abordando políticas de conjugalidade, refletindo sobre as formas de experienciar sexualidade e gênero no contexto prisional em uma perspectiva dialógica.
The purpose of this study is to understand the identity and conjugal policies in an exclusive wing for transvestites, transgender, gays and bisexuals in the Central Prison of Porto Alegre. The data collection of this research was done through individual interviews and records of collective interventions in field diaries. The assumptions of the Grounded Theory and, as an analytical proposal, the conceptions derived from the American black feminism from the intersectional perspective are used as methodological dimension. Through this theoretical contribution is proposed an understanding of the strategic forms of agency in the prison territory engendered by persons in detention in this gallery. In addition to addressing the policies of conjugality, it is sought to reflect on the ways of experiencing sexuality and gender in the prison context from a dialogical identity perspective.
URI: http://hdl.handle.net/10923/10665
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000484743-Texto+Parcial-0.pdfTexto Parcial263,84 kBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.