Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/1082
Tipo: doctoralThesis
Título: Avaliação in vitro e in vivo da citotoxicidade e da genotoxicidade da solda de prata e da soldagem a laser utilizadas em ortodontia
Autor(es): Gonçalves, Tatiana Siqueira
Orientador: Menezes, Luciane Macedo de
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Odontologia
Fecha de Publicación: 2013
Palabras clave: ODONTOLOGIA
ORTODONTIA
MATERIAIS DENTÁRIOS
CITOTOXINAS
TOXICOGENÉTICA
Resumen: Foram investigados os efeitos citotóxicos e genotóxicos da solda de prata e da soldagem a laser utilizadas em Ortodontia. Para tanto, avaliaram-se, nas linhagens celulares HepG2 e HOK, a citotoxicidade (redução MTT) e a genotoxicidade (cometa alcalino ou associado a enzimas de reparo e citoma de micronúcleos) de anéis contendo ou não uniões com solda de prata. Quantificaram-se, empregando espectrofotometria de absorção atômica, os íons metálicos liberados no meio de cultura. Também foram investigados os efeitos sobre o DNA em células da mucosa bucal de pacientes em tratamento com aparelhos auxiliares do tipo Hyrax contendo oito uniões soldadas com prata, empregando o ensaio cometa em células bucais e o citoma bucal de micronúcleos. Por fim, a citotoxicidade in vitro de anéis contendo ou não uniões soldadas a prata ou a laser foi investigada e comparada mediante o emprego de leveduras Saccharomyces cerevisiae. Os dados obtidos permitiram concluir que anéis ortodônticos sofreram corrosão e liberaram íons metálicos em condições laboratoriais, sendo inclusive detectada a presença de cádmio nas amostras. Os anéis contendo solda de prata foram capazes de causar importantes e significativos efeitos citotóxicos e genotóxicos em células de mamíferos em condições in vitro. Os efeitos genotóxicos observados estão, em parte, relacionados a efeitos diretos, assim como a efeitos indiretos, tais como danos oxidativos. Apesar do efeito tóxico observado in vitro, em humanos a resposta de toxicidade a aparelhos contendo uniões soldadas com liga de prata apresentou menor intensidade, sendo identificada genotoxicidade também in vivo. A soldagem a laser se mostrou menos citotóxica que a soldagem com liga de prata em condições in vitro, devendo ser melhor investigada por se tratar de uma alternativa promissora para a união de metais em Ortodontia.
In the present study, the cytotoxic and genotoxic effects of the silver solder and laser soldering used in Orthodontics were evaluated. For this, HepG2 e HOK cell lines were employed to evaluate the cytotoxicity (MTT reduction) and the genotoxicity (comet assay and cytokinesis block micronucleus cytome assay) of orthodontic bands containing or not silver soldered joints. Ionic metal release in the culture medium was verified by means of atomic absorption espectrophotometry. DNA effects on buccal mucosal cells of patients treated with Hyrax type expander appliances containing eight silver soldered joints were also evaluated through the buccal comet assay and the buccal micronucleus cytome assay. The in vitro cytotoxicity of orthodontic bands containing or not silver soldered or laser soldered joints was investigated and compared using the Saccharomyces cerevisiae model. Data obtained indicated that orthodontic bands suffer corrosion and are able to release ions to culture medium, being cadmium also detected in the samples evaluated. Silver soldered bands cause significant cytotoxic and genotoxic effects in mammal cells under in vitro conditions. The genotoxic effects are in part related to direct toxic effects and in part related to oxidative DNA damage. In humans, less intense genotoxic effects were observed. Laser soldering was less cytotoxic than silver soldering in in vitro conditions and should be more investigated since it seems to be a promising alternative to connect wires in Orthodontics.
URI: http://hdl.handle.net/10923/1082
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
447511.pdfTexto Completo1,51 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.