Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/1093
Tipo: masterThesis
Título: Estudo retrospectivo da prevalência de câncer bucal no planalto médio gaúcho
Autor(es): Oliveira, Karen Corrêa de
Orientador: Weber, João Batista Blessmann
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Odontologia
Fecha de Publicación: 2013
Palabras clave: ODONTOLOGIA
NEOPLASIAS BUCAIS
EPIDEMIOLOGIA
Resumen: O presente estudo teve por objetivo realizar um levantamento epidemiológico dos casos de câncer bucal em pacientes atendidos no Serviço de Oncologia do Hospital São Vicente de Paulo – HSVP (Passo Fundo - RS - Brasil) no período de janeiro de 1999 a dezembro de 2009. Realizou-se uma pesquisa a partir da análise retrospectiva dos prontuários de pacientes com diagnóstico de câncer bucal, na qual foram avaliados os fatores: gênero, idade e raça dos pacientes, além da localização anatômica das lesões na boca e seu estadiamento clínico. Os fatores de risco tabagismo e etilismo também foram avaliados, além da escolaridade e ocupação dos pacientes. Durante o período estudado, 307 pacientes foram admitidos com câncer bucal no HSVP. Observou-se que 87,9% dos casos eram do sexo masculino, 92,5% eram da raça branca, com idade média de 58,36 anos e que a sexta década de vida foi a mais afetada com 36,2% dos pacientes acometidos. A localização anatômica preferencial foi a língua (46%), e o tipo histológico mais frequente foi o carcinoma de células escamosas, representando 93,5% dos casos. A maioria das lesões encontrava-se em estágio IVa (32,6%) e o tratamento mais frequente foi a excisão cirúrgica (51,1%). A maioria dos pacientes apresentava baixa escolaridade (63,5%) e eram trabalhadores rurais (33,6%). Os fatores etiológicos tabagismo e etilismo foram encontrados em 73,3% e 67,4% dos pacientes, respectivamente. Conclui-se, portanto, que o conhecimento desses dados é essencial para obter um perfil dos pacientes portadores de câncer bucal na região, possibilitando a identificação dos fatores de risco e a prevenção das lesões, viabilizando a redução do número de novos casos e o diagnóstico e tratamento precoce da doença.
The present study aimed to perform an epidemiological survey of oral cancer cases occurred in patients treated in São Vicente de Paulo Hospital (HSVP) Oncology Department (Passo Fundo – RS – Brazil) from January 1999 to December 2009. A research was performed by retrospective analysis of patients with a diagnosis of oral cancer evaluating gender, age and race of these patients, the location of mouth injuries and their clinical staging. The risk factors smoking and alcoholism, education level and occupation were also evaluated. During the study period, 307 patients were admitted with oral cancer in the HSVP. It was observed that 87,9% were male, 92,5% were caucasian, average age of 58,36 years old and 6th decade of life was more affected with 36,2% of patients. The more frequent anatomical location was the tongue (46%), and the histological type was the squamous cell carcinoma (93,5%). A majority of lesions was classified as stage IVa (32,6%) and surgery was the most performed treatment (51,1%). Most patients was low education level (63,5%) and farmer (33,6%). Smoking and alcohol consumption were found in 73,3% and 67,4% patients, respectively. Thus, it is concluded that the knowledge of these data is essential to get an oral cancer patients profile in our State, allowing identification of the risk factors and injuries´ prevention, reducing the number of new cases and the early diagnosis and treatment of this disease.
URI: http://hdl.handle.net/10923/1093
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
448374.pdfTexto Completo515,22 kBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.