Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/13051
Type: doctoralThesis
Title: Avaliação de impactos econômicos de melhorias em transporte no Rio Grande do Sul: uma abordagem com equilíbrio geral dinâmico
Author(s): Gonçalves, Rodrigo da Rocha
Advisor: Moraes, Gustavo Inácio de
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Economnia do Desenvolvimento
Issue Date: 2018
Keywords: TRANSPORTE - RIO GRANDE DO SUL
ECONOMIA - RIO GRANDE DO SUL
ECONOMIA
Abstract: O estado do Rio Grande do Sul possui uma matriz de transportes altamente concentrada no modal rodoviário e carente de infraestrutura. Por isso, o objetivo desta tese foi simular melhorias na matriz de transporte estadual, a partir da redução nos custos de transportes, tendo como base o conhecimento do cenário da infraestrutura do setor transporte e sua distribuição regional. Foram realizados dois exercícios quantitativos, utilizando modelos de equilíbrio geral. No primeiro, foi estimada uma Matriz Insumo Produto para o estado e regionalizada por mesorregião, buscando verificar o perfil econômico de cada região e a utilização dos modais de transporte. No segundo exercício, foi adaptado um modelo de equilíbrio geral computável dinâmico para o estado, denominado MEGARS, um modelo de EGC dinâmico voltado para avaliação de políticas fiscais e de transporte. O modelo mostrou-se com grande capacidade na geração de resultados e também na preservação de características locais da economia regional. Os resultados do modelo de EGC, no tocante a feitos da política, estão de acordo com a literatura empírica de avaliação de melhorias em transporte e demonstraram ainda que a performance das principais variáveis macroeconômicas da economia gaúcha melhoraram significativamente em virtude do efeito líquido da política de melhorias de transporte. A redução das margens de transporte proporcionou uma elevação de variáveis como crescimento do PIB real, exportações, consumo real das famílias, emprego agregado, importações, salário real e outros custos da economia no período compreendido entre 2012-2025.
The state of Rio Grande do Sul has a matrix of transport highly concentrated in the modal road and lacking in infrastructure. Therefore, the aim of this thesis was to simulate improvements in the state transport matrix from the reduction in transportation costs, based on the knowledge of the infrastructure scenario of the transportation sector and its regional distribution. Two quantitative exercises were performed using general equilibrium models. In the first, an Input Output Matrix was estimated for the state and regionalized by mesoregion, seeking to verify the economic profile of each region and the use of transport modes. In the second exercise, a dynamic computable general equilibrium model for the state, called MEGARS, was used as a dynamic CGE model to evaluate fiscal and transport policies. The model was shown with great capacity in the generation of results and also in the preservation of local characteristics of the regional economy. The results of the CGE model regarding policy achievements are in line with the empirical literature on the evaluation of improvements in transportation and also demonstrated that the performance of the main macroeconomic variables of the economy of Rio Grande do Sul has improved significantly due to the net effect of the policy of improvements in transportation. transport. The reduction in transport margins has led to a rise in variables such as real GDP growth, exports, real household consumption, aggregate employment, imports, real wages and other costs of the economy in the period 2012-2025.
URI: http://hdl.handle.net/10923/13051
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000490014-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo3,31 MBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.