Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/2055
Type: doctoralThesis
Title: Estratégias de comunicação sob a ótica da comunicação turística: tendências e possibilidades para o fomento do turismo nacional : um estudo comparado França e Brasil
Author(s): Falcetta, Flávio Paim
Advisor: Scroferneker, Cleusa Maria Andrade
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social
Issue Date: 2008
Keywords: COMUNICAÇÃO SOCIAL
ESTRATÉGIA
TURISMO - COMUNICAÇÃO
TURISMO - MARKETING
TURISMO - BRASIL
TURISMO - FRANÇA
Abstract: The second half of the last century is a reference for international tourism because it starts a cycle of development without precedents. While this activity granted access to a small part of the worldwide population, due to economical power or spending capabilty - elite’s tourism - it starts to show, in a definite way, the insertion of a meaningful amount of people belonging to less privileged classes, starting the so called mass tourism. This wellfounded dinamic is based upon the increase of the world’s economy especially in the post II War’s period, due to meaningful enlargement of the work market and the world’s income raise. From this point on international tourism follows its expansive trajectory with optimistic projection for future years. However, some signs start to take shape emphasizing the segmentation of tourism’s activities and, for their importance, the sustainability of the ecomical, social and environment scopes. Due to this context, the national tourism organizations, responsible for this management, are faced with the market’s demands which implies in immediate review of their procedures. Accepting that communication holds a paramount importance in this matter, focused research checks about possibilities and trends of tourism’s communication to increase national tourism, debates over new scenery of international tourism and compares national tourism politics of France and Brazil, under the view of communication’s strategy. As a method the option was for Hermeneutics in Profundity (THOMPSON, 1995), and as what refers to the methodology, the strategy of comparative case study (YIN, 2001) is used. From the interpretation and reinterpretation of France’s National Politics and Brazil’s National Tourism Plan, the proposed thesis about possibilities and tendencies of touristical communication to increase the national tourism is confirmed, especifically in the analysed countries. France is, no doubt, a reference in development of national tourism, the more so for it’s tradition and history built along the line of time that marks the presence of tourism on it’s territory. Brazil does not have the same virtues. It’s a country where much tourism goes on but where the lack of a coherent management still is needed to make it reach an outstanding position in worldwide’s international competition market.
A segunda metade do século passado é uma referência para o turismo internacional em função do inicio de um ciclo de crescimento sem precedentes. Enquanto essa atividade contemplava uma parcela reduzida da população mundial, em função do poder aquisitivo ou capacidade de gastos - o turismo elitizado -, começa a se manifestar, de forma incisiva, a inserção de expressivo contingente de pessoas pertencentes as classes sociais menos abastadas, dando início ao que se denominou turismo de massa. A fundamentação dessa dinâmica está assentada no crescimento da economia mundial sobretudo no período pós-Segunda Guerra Mundial, notadamente pela significativa ampliação do mercado de trabalho e da renda mundial. A partir desse ponto o turismo internacional continua sua trajetória expansionista com projeções otimistas para os próximos anos. Entretanto, algumas manifestações começam a tomar forma destacando a segmentação da atividade turística e, pela sua importância, a sustentabilidade em seus âmbitos econômicos, sociais e ambientais. Em função desse contexto as organizações nacionais do turismo, responsáveis pela gestão do setor, vem se deparando com exigências impostas pelo mercado implicando na imediata revisão de seus procedimentos. Admitindo-se que a comunicação assume papel preponderante nesses contextos, a pesquisa, objetiva, investigar sobre as possibilidades e tendências da comunicação turística para o fomento do turismo nacional, discutir sobre os novos cenários do turismo internacional e comparar as políticas nacionais do turismo da França e do Brasil, sob a ótica das estratégias comunicacionais. Como Método optou-se pela Hermenêutica em Profundidade (THOMPSON, 1995), e em relação à metodologia, à estratégia de estudo de caso comparativo (YIN, 2001).A partir da interpretação e reinterpretação da Política Nacional da França e do Plano Nacional do Turismo do Brasil, confirma-se a tese proposta sobre as possibilidades e tendências da comunicação turística no fomento do turismo nacional, e especificamente, nos países em análise. A França é, sem dúvida, uma referência em termos de desenvolvimento do turismo nacional, sobretudo pela tradição e história que construiu ao longo da linha de tempo que demarca a presença do turismo em seu território. O Brasil, já não apresenta as mesmas virtudes, trata-se de um país onde o turismo de fato acontece, mas que ainda carece de uma gestão coerente com o objetivo de ocupar posição de destaque no competitivo mercado mundial.
URI: http://hdl.handle.net/10923/2055
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000408169-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo2,25 MBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.