Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/3128
Tipo: masterThesis
Título: Sexualidade: reconstruindo compreensões de forma coletiva, partindo da visão dos adolescentes
Autor(es): Bourscheid, Jacinta Lourdes
Orientador: Moraes, Roque
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemática
Fecha de Publicación: 2004
Palabras clave: ADOLESCENTES - EDUCAÇÃO SEXUAL
SEXUALIDADE - ADOLESCÊNCIA
EDUCAÇÃO SEXUAL NA ESCOLA
EDUCAÇÃO E SAÚDE
PESQUISA EDUCACIONAL
APRENDIZAGEM
Resumen: This research had as its main objective to investigate a work proposal for sexuality, constituted from the perception and questioning of two groups of pupils/adolescents. Starting from the presupposed that the sexuality implicates in the formation of the individual itself, being in front of adolescents that have interests and necessities, it is necessary to conduct activities that try to approach scientifically the theme about sexuality, trying, at the same time, a kind of significant work for the ones involved. Therefore, I chose two classes of students in the adolescence phase, starting with a group of nineteen pupils, from which nine were girls and ten were boys, students in 8th grade of the fundamental school, with ages between thirteen and sixteen and another class of twenty-five pupils, thirteen girls and twelve boys, with ages between fourteen and nineteen, both from the state school net from different municipal districts. These pupils were the way for this research to be developed and built, because the research based on educating through research, tried to mobilize and involve the pupils/adolescents, proportionating a space to reflect and give the opportunity for questionings, such questionings started from the doubts and were the guiding reasons of the present proposal. The research consisted in building collectively answers to the questions put in the groups. From this process, in the first school, five categories of questions emerged: body transformation, sexual initiation, sexually transmitted illnesses, contraceptive methods and several others. In the second school, seven categories of questions came up: body transformation, sex, menstruation, contraceptive methods, sexually transmitted illnesses, sexual identity. For each one, a group of pupils was organized which mobilized themselves to search the answers. The results of the research were shared by the small groups with the big group and mobilized the continuous search of complexion of the explanation, in a spiral of interrogations, where everyone was involved in searching for answers. The posture and the importance given to the search, the socialization in the groups, moments in which they showed coherence, continuous involvement and dynamism in the understanding of the questions that came up were detached. During the process several meetings happened, allowing greater distraction and greater utilization of all. As consequence the consciousness that there is a lot of prejudice in relation to the body and the sexuality emerged. It also became clear that we have to understand how the body works and that it is important to build a harmony between body; mind; physical, psychic and relational factors, without distortions, assuming attitudes of self-valorization. The findings of this work demonstrated the relevance of this subject to be worked in a research way with the involvement of everybody, because it is the way that gives the chance to the adolescent to question, to get involved, participate, work its own doubts, allowing questioning and soften anguishes. This enables a more natural development of the sexuality, constituted in a learning act integrated in the school activities.
Esta pesquisa teve por objetivo central investigar uma proposta de trabalho sobre sexualidade, construída a partir da percepção e questionamentos de dois grupos de alunos/adolescentes. Partindo do pressuposto de que a sexualidade implica a própria estruturação do sujeito, estando frente aos adolescentes os quais possuem interesses e necessidades, faz-se necessário o encaminhamento de atividades que busquem abordar cientificamente o tema sexualidade, procurando, ao mesmo tempo, um tipo de trabalho significativo para os envolvidos. Para tanto, escolhi duas turmas de alunos na fase da adolescência, iniciando com um grupo de dezenove alunos, sendo nove meninas e dez meninos, estudantes da 8ª série do ensino fundamental, com idade entre treze e dezesseis anos e outra turma de vinte e cinco alunos, treze meninas e doze meninos, com idade entre quatorze e dezenove anos, ambas da rede estadual de ensino de diferentes municípios. Estes alunos foram o canal para que essa pesquisa fosse desenvolvida e construída, pois a pesquisa embasada no educar pela pesquisa, buscou mobilizar e envolver os alunos/adolescentes, proporcionando espaço para refletir e oportunizar 8 questionamentos, questionamentos estes que partiram das dúvidas existentes e foram as premissas norteadoras da presente proposta. A pesquisa consistiu em construir coletivamente respostas aos questionamentos levantados nos grupos. Deste processo emergiram na primeira escola cinco categorias de questionamentos: Transformação do corpo; Iniciação sexual; Doenças sexualmente transmissíveis, Métodos contraceptivos e diversos. Na segunda escola surgiram sete categorias de questionamentos: Transformação do corpo; Sexo; Menstruação; Métodos contraceptivos; Doença sexualmente transmissível e Identidade sexual. Para cada uma delas foi organizado um grupo de alunos que, então, se mobilizaram em busca das respostas. Os resultados da pesquisa foram compartilhados pelos pequenos grupos com o grande grupo e mobilizaram a busca contínua de complexificação dos esclarecimentos, numa espiral de interrogações, onde todos estavam envolvidos procurando respostas. Destacam-se a postura e a importância dada à busca, à socialização nos grupos, momentos em que demonstraram coerência, envolvimento e dinamismo contínuos na compreensão dos questionamentos que surgiam. Durante o processo aconteceram vários encontros, permitindo maior descontração e maior aproveitamento de todos. Como conseqüência emergiu a conscientização de que há muitos preconceitos em relação ao corpo e à questão da sexualidade. Também ficou claro que devemos compreender como funciona o corpo e que é importante construir uma harmonia entre corpo, mente, fatores físicos, psíquicos e relacionais, sem distorções, assumindo atitudes de auto-valorização. Os achados deste estudo demonstraram a relevância desse assunto ser trabalhado em forma de pesquisa com o envolvimento de todos, pois é um caminho 9 que oportuniza ao adolescente questionar, se envolver, participar, trabalhando suas próprias dúvidas, permitindo indagações e amenizando angústias. Isso possibilita um desenvolvimento mais natural da sexualidade, constituindo-se em ato de aprender integrado nas atividades da escola.
URI: http://hdl.handle.net/10923/3128
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000319455-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo446,19 kBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.