Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/3431
Tipo: doctoralThesis
Título: Da voz do outro ao encontro de mundos: Gadamer, o multiculturalismo e o diálogo de culturas
Autor(es): Hammes, Itamar Luís
Orientador: Oliveira Junior, Nythamar Hilario Fernandes de
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Filosofia
Data de Publicação: 2012
Palavras-chave: GADAMER, HANS-GEORG - CRÍTICA E INTERPRETAÇÃO
FILOSOFIA
HERMENÊUTICA
Resumo: A presente tese trata da contribuição da hermenêutica filosófica de Gadamer ao debate contemporâneo sobre multiculturalismo e diálogo de culturas. Embora Gadamer não tenha desenvolvido uma filosofia política, em diversos momentos é lembrado como um autor que contribuiu significativamente na construção de uma alternativa ao multiculturalismo ou mesmo ao diálogo de culturas. A questão que orienta a presente investigação é a seguinte: a hermenêutica filosófica de Gadamer, enquanto uma reflexão finita que se emancipa somente no encontro com o outro na medida em que entende que o aprofundamento da autocompreensão (Selbstverständnis) está unido ao entendimento de outras visões de mundo e formas de vida, pode ser apresentada como uma racionalidade alternativa ao multiculturalismo ou diálogo de culturas? A tese ora apresentada evidencia tal possibilidade. Na medida em que não aceita uma ideia relativista de absoluta incomensurabilidade ou incomunicabilidade das diversas visões de mundo e formas de vida e, ao defender um diálogo crítico baseado na arte de perguntar e estar aberto a perguntas, Gadamer propõe uma racionalidade que carrega padrões quase universais para um diálogo de culturas ou multiculturalismo.
This doctoral dissertation deals with the contribution of Gadamer's philosophical hermeneutics to contemporary, ongoing debates on multiculturalism and the dialogue of cultures. Although Gadamer has not developed a political philosophy, he is often regarded as an author who contributed significantly to constructing an alternative account to multiculturalism or the dialogue of cultures. The question that guides the current research is as follows: Gadamer's philosophical hermeneutics, as a finite reflection is emancipated only in the encounter with the Other and to the extent that it holds that the deepening of self-understanding (Selbstverständnis) is attached to the understanding of other world views and life forms, can it be presented as a rational alternative to multiculturalism and the dialogue of cultures? The thesis presented here shows precisely that possibility. To the extent that he does not accept a relativistic idea of absolute incommensurability or incommunicability of the diverse world views and ways of life, and insofar as he defends a critical dialogue based on the art of asking questions and being open, Gadamer proposes a rationality that carries nearly universal standards for a dialogue of cultures or multiculturalism.
URI: http://hdl.handle.net/10923/3431
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000440820-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,29 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.