Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/3695
Type: doctoralThesis
Title: Efeitos da participação em oficinas de inclusão digital sobre o desempenho intelectual e depressão em idosos ativos residentes na comunidade
Author(s): Luzzi, Lérida Zuccarelli
Advisor: Souza, Valdemarina Bidone de Azevedo e
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica
Issue Date: 2006
Keywords: GERIATRIA
GERONTOLOGIA BIOMÉDICA
ENVELHECIMENTO
IDOSOS
DEPRESSÃO
INCLUSÃO DIGITAL
INTELIGÊNCIA
MEMÓRIA
Abstract: A pesquisa trata sobre os efeitos da participação em oficinas de inclusão digital sobre o desempenho intelectual e sintomatologia depressiva em idosos ativos na comunidade. O estudo foi desenvolvido na abordagem quantitativa, na forma de estudo experimental de um só grupo. A amostra foi constituída por 32 idosos com idade entre 60 e 82 anos, com diferentes graus de escolaridade. Os dados foram coletados por meio de teste de inteligência não verbal (INV), e pelo inventário de Beck, e aos 12 meses. Os escores brutos de inteligência não verbal (fator g) e indicadores de sintomatologia depressiva tiveram diferença significativa após a intervenção, sugerindo que a mesma tem potencial para desenvolver a inteligência não-verbal e diminuir indicadores de sintomatologia depressiva. Desta forma, foi possível confirmar a tese: ”Há diferença significativa entre os resultados obtidos por idosos antes e depois de participarem de oficinas de inclusão digital, no teste de inteligência não verbal(fator g/INV) e no Inventário de Depressão de Beck (BDI). ”
The present research deals with the participation of active elderly people in digital inclusion workshops and its effects on the intellectual performance and depressive symptomatology among them. The study was developed following the quantitative approach, under an experimental form of study, with only one group. The sample was composed by 32 elderly people, aged 60-82 years old, with diverse education levels. The data were collected through the Nonverbal Intelligence Test (NIT), and by the Beck’s inventory, and at the point of 12 months. The gross nonverbal intelligence scores (factor g) and depressive symptomatology indicators presented a significant difference after the activity, suggesting that it may have the potential to develop nonverbal intelligence and decrease depressive symptomatology indicators. Thus, it was possible to confirm the hypothesis: “There is a significant difference among the results obtained by elderly people before and after they took part in digital inclusion workshops, both in the nonverbal intelligence test (factor g/INV) and in the Beck Depression Inventory (BDI). ”
URI: http://hdl.handle.net/10923/3695
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000419186-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo430,17 kBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.