Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/3738
Tipo: masterThesis
Título: Estudo multidimensional dos idosos de Porto Alegre: avaliação das pressões inspiratória e expiratória máximas
Autor(es): Lucho, Gabriela Denes
Orientador: Machado, Denise Cantarelli
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica
Data de Publicação: 2008
Palavras-chave: MEDICINA
GERIATRIA
GERONTOLOGIA
ENVELHECIMENTO
IDOSOS
MÚSCULOS RESPIRATÓRIOS
RESPIRAÇÃO
Resumo: Introdução: O envelhecimento está associado com a perda progressiva do desempenho do sistema ventilatório. A avaliação da força da musculatura ventilatória é importante para monitoramento das alterações nas pressões ventilatórias. No entanto, os valores de normalidade da pressão inspiratória máxima (PIM) e da pressão expiratória máxima (PEM) ainda são controversos na literatura. Objetivo: Verificar os valores da PIM e PEM em indivíduos idosos. Métodos: A amostra foi definida através de um mapeamento distrital da cidade de Porto alegre, onde foram selecionados indivíduos com idade igual ou superior a 60 anos, de forma randomizada, respeitando a proporcionalidade de cada região. Foram incluídos neste estudo 509 indivíduos, com idade igual ou superior a 60 anos, divididos em três faixas etárias, nos quais foram avaliados medidas de PIM e PEM através de manovacuometria. Resultados e conclusões: os resultados indicam que as pressões ventilatórias geradas pelos homens são maiores do que as mulheres nas três faixas etárias estudadas, que as pressões ventilatórias apresentam correlação negativa com a idade e que o efeito do aprendizado parece afetar mais mulheres do que os homens e apenas da primeira medida em relação às outras.
Introduction: Aging is associated with progressive loss of ventilatory performance of the system. The assessment of muscle strength ventilation is important for tracking the changes in pressure ventilation. However, the values of normality of the maximum inspiratory pressure (MIP) and the maximum expiratory pressure (MEP) are still controversial in the literature. Objective: To verify the values of MIP and MEP in elderly people. Methods: 509 individuals, older than 60 years, were included and divided into three age groups, in which measures were evaluated for MIP and MEP through manovacuometry. Results and conclusions: the results indicate that the ventilatory pressures generated by men are higher than women in the three age groups studied, the ventilatory pressure shows negative correlation with age and that made the learning seems affect more women than men and only at the first step for the other.
URI: http://hdl.handle.net/10923/3738
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000409899-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo385,7 kBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.