Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/3881
Registro completo de metadatos
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorConstantino, Núncia Maria Santoroen_US
dc.contributor.authorCasagrande, Gilnei Ricardoen_US
dc.date.accessioned2013-08-07T18:59:04Z-
dc.date.available2013-08-07T18:59:04Z-
dc.date.issued2006pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10923/3881-
dc.description.abstractA presente pesquisa objetiva reconstruir passos de imigrantes italianos ou de seus descendentes no município de Gramado. Há registros de que essa etnia se faz presente no final do século XIX na região gramadense, a julgar pela escassa documentação disponível. O município conta com vinte e três colônias, as quais, no início do povoado, desenvolviam uma economia de subsistência. Com o passar das décadas, o excedente foi sendo comercializado no mesmo povoado e fora dele. O italiano ou seu descendente, quando fixado no perímetro urbano dedica-se à política, à gastronomia e à hotelaria; na zona rural mantém uma relativa continuidade dos hábitos, usos e costumes. A pesquisa desenvolvida analisou documentos primários e empregou a metodologia da história oral. Contando com essa metodologia, foi possível a reconstrução de aspectos do cotidiano de uma coletividade de origem italiana. A pesquisa também revela questões ligadas à etnicidade, as quais apontam diferenças e essas, por sua vez, produzem mecanismos diversos de representação. O trabalho também constata que os descendentes de italianos beneficiaram-se do trabalho assalariado no núcleo urbano, o que lhes possibilitou melhores condições de vida, quando o lote colonial tornou-se exíguo. O alargamento das relações entre o poder público e essa etnia está caracterizado pela sua inserção no turismo local, o que permitiu a fixação de colonos nos seus redutos de origem. Concluiu-se que a etnia italiana desempenha importante papel na construção do município de Gramado, tornando-se elemento fundamental à proposta turística da região.pt_BR
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.publisherPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.subjectIMIGRAÇÃO ITALIANA - RIO GRANDE DO SULpt_BR
dc.subjectCOLONIZAÇÃO ITALIANA - RIO GRANDE DO SULpt_BR
dc.subjectGRAMADO (RS) - HISTÓRIApt_BR
dc.subjectTURISMO - GRAMADO (RS)pt_BR
dc.subjectHISTÓRIA ORALpt_BR
dc.subjectETNIApt_BR
dc.titleUm cheiro do vinho: presença italiana em Gramadopt_BR
dc.typemasterThesispt_BR
dc.degree.grantorPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentFaculdade de Filosofia e Ciências Humanaspt_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Históriapt_BR
dc.degree.levelMestradopt_BR
dc.degree.date2006pt_BR
dc.publisher.placePorto Alegrept_BR
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000383742-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo2,64 MBAdobe PDFAbrir
Ver
000383742-Texto+Completo+Anexo+A-1.o.pdfTexto Completo Anexo A3,06 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.