Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/3913
Registro completo de metadatos
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorAbrão, Janete Silveiraen_US
dc.contributor.authorBammann, Kellenen_US
dc.date.accessioned2013-08-07T18:59:26Z-
dc.date.available2013-08-07T18:59:26Z-
dc.date.issued2011pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10923/3913-
dc.description.abstractO presente trabalho trata sobre o processo de americanização na sociedade brasileira e na sociedade alemã entre os anos de 1947 e 1952. O processo de americanização é compreendido como o estudo da influência dos Estados Unidos nas práticas políticas, econômicas e culturais em outras sociedades. Dentro dessa perspectiva, o olhar atento a um grupo de indivíduos, reunido nos bastidores de dois periódicos, um brasileiro (O Cruzeiro) e outro alemão (Der Spiegel), proporcionou o caminho teórico-metodológico, que se revelou por meio do estudo dos “grupos de pressão”. Por meio do método comparativo, procurou-se compreender posicionamentos similares entre grupos distantes, desvendando-se o que levou os grupos de pressão de O Cruzeiro e Der Spiegel a “se americanizarem”.pt_BR
dc.description.abstractThis dissertation has as its main theme the process of insertion of American values at the Brazilian and German societies between 1947 and 1952. This process is understood as the study of the influence of the United States over the politics, economics and culture of foreign countries. Into that perspective, I focused on a selected group of individuals that pulled the strings at both publications, O Cruzeiro (Brazil) and Der Spiegel (Germany). This insight led the research to opt for the use of pressure groups as the main theoretical concept for this research. Throughout the establishment of a comparison between both publications was possible to analyze similarities and differences on the perspectives of the pressure groups in both countries and their feelings towards the americanization process.en_US
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.publisherPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.subjectHISTÓRIApt_BR
dc.subjectIMPERIALISMO - ESTADOS UNIDOSpt_BR
dc.subjectBRASIL - HISTÓRIApt_BR
dc.subjectALEMANHA - HISTÓRIApt_BR
dc.subjectIMPRENSA - HISTÓRIApt_BR
dc.titleAmericanização no Brasil e na Alemanha: uma proposta de interpretação através dos grupos de pressão de O Cruzeiro e Der Spiegel (1947-1952)pt_BR
dc.typemasterThesispt_BR
dc.degree.grantorPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentFaculdade de Filosofia e Ciências Humanaspt_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Históriapt_BR
dc.degree.levelMestradopt_BR
dc.degree.date2011pt_BR
dc.publisher.placePorto Alegrept_BR
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000433585-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo2,33 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.