Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/4013
Tipo: masterThesis
Título: A relação do bilinguismo com capacidades cognitivas: memória de trabalho, atenção, controle inibitório e processamento de discurso
Autor(es): Pereira, Lisiane Neri
Orientador: Scherer, Lilian Cristine
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Letras
Data de Publicação: 2012
Palavras-chave: LINGUÍSTICA
NEUROPSICOLOGIA
BILINGUISMO
MEMÓRIA
INFERÊNCIA
COGNIÇÃO
Resumo: O presente estudo objetiva, através de uma interação entre Linguística e Neuropsicologia, verificar a influência do bilinguismo num processamento mais eficaz de alguns componentes cognitivos. A existência desta relação tem sido demonstrada em pesquisas recentes, porém, com resultados incipientes em relação aos efeitos do bilinguismo sobre alguns aspectos cognitivos, como memória de trabalho. Outros estudos discutem a vantagem bilíngue no controle de funções executivas, como atenção e controle inibitório, a qual parece estar presente em diferentes faixas etárias, desde a infância até a velhice. Nesta pesquisa, procurou-se verificar a presença de uma relação entre o bilinguismo eo desempenhode algumashabilidadescognitivas comoaquelas medidas em tarefas de memória de trabalho, funções executivas de atenção e controle inibitório, flexibilidade cognitiva, bem comoaspectos de linguagem, observados noprocessamento inferencial. Para isso, foram aplicados testes neuropsicológicos em dois grupos de participantes:um grupo bilíngue falante do dialeto vêneto italiano e português brasileiro, e um grupo monolíngue, usuário do português brasileiro, ambos com amostras de adultos jovens entre 19 e 35 anos, e idosos entre 60 e 75 anos. Dos instrumentos utilizados para avaliação dos componentes cognitivos, utilizou-se o Discurso Narrativo, subteste da bateria MAC adaptada para o português brasileiro, para avaliação da capacidade de compreensão e produção de narrativas.Para avaliação do controle inibitório, aplicaram-se o teste de Geração Aleatória de Números e o N-Back, instrumentos que, em conjunto com o Span Auditivo de Palavras em sentenças do NEUPSLIN, também foram utilizados para avaliação da memória de trabalho. Subtestes do Mini Exame do Estado Mental avaliaram a atenção, e para uma observação mais ampla do controle executivo e flexibilidade cognitiva, cruzou-se os resultados da avaliação sobre os componentes de atenção e controle inibitório. Resultados significativos entre os grupos ocorreram nos subtestes Geração Aleatória de Números (variáveis de acertos no intervalo 2 segundos, erros de sequência direta no Intervalo 2 segundos, erros de sequência indireta no intervalo 2 segundos) e N-back (em acertos no N-back 3 A e no span N-back 3), sugerindo uma influência positiva do bilinguismo no desempenho do executivo central da memória de trabalho e no processamentodos componentes executivos de inibição, flexibilidade cognitiva e automonitoramento.
Through an interaction between Linguistics and Neuropsychology, the present study has aimed to verify the influence of bilingualism on a higher effective processing of some cognitive components. This relation has been demonstrated in recent studies, although they have presented incipient results towards the effects of bilingualism on working memory, for example. Other investigations have suggested that the advantage of bilingualism on the controlling of executive functions, such as attention and inhibitory control, seems to happen at different ages, from childhood to adulthood and elderly. In this research, we have attempted to identify the presence of a relation between bilingualism and the performanceof cognitive abilities such as the ones measured in tasks of working memory, executive functions such as the attention factor and inhibitory control, cognitive flexibility and linguistic aspects observed in inferencial aspects. For this purpose, neuropsychological tests have been administered to two groups: a bilingual sample speaker of the Italian Venice dialect and Brazilian Portuguese, and to a monolingual sample constituted by speakers of Brazilian Portuguese. Both groups have been divided into elderly people from a range of 60 to 75 years old, and young adults from a range of 19 to 35 years old. To evaluate comprehension capacity and narrative production, a subtest of Protocole MEC in its Brasilian Portuguese version, has been applied. Inhibitory control was evaluated through Random Number Generation and N-Back tests, instruments also used within Auditive Sentence Word Span – NEUPSILIN – for working memory evaluation.A Mini-mental State Examination subtest has evaluated the attentional component. For a broader observation of executive control and cognitive flexibility, ithas been performed the crossing of attentional component and inhibitory control results. Significative results between the samples have occurred in variables of the Random Number Generation (GAN) task, in its subsets(correct scores – 2 seconds pace, mistakes on direct sequencing – 2 seconds pace, mistakes on indirect sequencing – 2 seconds pace) and in subsets of the N-Back task (correct scores on N-back 3 A, Span on N-back 3 A). Data have suggested a positive influence of bilingualism on the performance of working memory central executive and inhibitory control, cognitive flexibility and selfmonitoring.
URI: http://hdl.handle.net/10923/4013
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000438938-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,28 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.