Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/4025
Type: masterThesis
Title: Uma discussão acerca da consciência fonológica em LE: o caminho percorrido por aprendizes brasileiros de inglês na aquisição da estrutura silábica
Author(s): Aquino, Carla de
Advisor: Lamprecht, Regina Ritter
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Letras
Issue Date: 2009
Keywords: LINGUÍSTICA
INGLÊS - FONOLOGIA
PORTUGUÊS - FONOLOGIA
AQUISIÇÃO DA SEGUNDA LÍNGUA
INGLÊS - ENSINO
Abstract: A consciência fonológica, capacidade de tomar a língua como objeto de análise, tem sido amplamente estudada em língua materna - português, inclusive em suas diversas relações com escrita, leitura, memória e etc. Em língua estrangeira, poucos são os estudos realizados e instrumentos criados para a avaliação das habilidades dos aprendizes. Assim, pouco se sabe sobre a ordem de desenvolvimento da consciência fonológica em língua estrangeira e o caminho percorrido pelos aprendizes até o domínio da fonologia da L2. A presente investigação avaliou habilidades em consciência fonológica apresentadas por alunos de disciplinas de inglês do curso de graduação em letras de uma universidade em Porto Alegre. 40 sujeitos prestaram um teste de CF em língua estrangeira – inglês elaborado para tal pesquisa. Os objetivos do trabalho foram: avaliar se o aprendiz brasileiro de inglês como LE em nível intermediário possui bons níveis de CF nos níveis silábico e fonêmico, considerando processos de transferência de conhecimentos da L1 para a LE; relacionar resultados obtidos por alunos dos diferentes níveis de proficiência na LE para o estabelecimento de uma ordem desenvolvimento da CF em língua estrangeira e comparar os resultados obtidos com essa investigação ao que se sabe sobre o processo de aquisição fonológica em português como língua materna.Os resultados do teste sugerem que os alunos brasileiros apresentam altos níveis de CF na língua inglesa desde os primeiros semestres de contato com o idioma, provavelmente devido à transferência de conhecimentos e habilidades de L1 para LE. Entretanto, o grande número de transferências parece indicar a necessidade de instrução explícita acerca de alguns aspectos fonético-fonológicos da LE e sobre as diferenças entre as línguas em questão. Notou-se que o desenvolvimento da CF na língua estrangeira segue os mesmos padrões conhecidos em língua materna, primeiramente de unidades perceptualmente mais salientes – as sílabas – e apenas posteriormente as unidades mínimas – os fonemas. Dessa forma, a ordem de desenvolvimento de tais habilidades parece ser universal. E, por fim, foi encontrada uma diferença significativa de performances entre os três primeiros grupos testados N1, N2 e N3 e o quarto grupo N4. Os dados apontam para o fato de que o tempo de contato com a língua, assim como a instrução em 7 disciplinas específicas de fonética e fonologia da LE, influenciam o desenvolvimento das habilidades de CF.
Phonological awareness, the capacity to take the language as object of analysis, has been extensively studied in the mother tongue — Portuguese, even in its relations with writing, reading, memory and etc. In foreign languages, there aren't many studies realized or instruments designed for the evaluation of the learners’ abilities. Thus, we don’t know much about the order of phonoiogical awareness development in the foreign language and the path built by the learners until they can deal with L2 phonology. In this study, we evaluated phonological awareness abilities of undergraduate students attending English courses in a University in Porto Alegre. 40 subjects took a PA (phonological awareness) test of English as a foreign language, designed for this research. This paper aimed at discovering if Brazilian EFL (English as a foreign language) learners of intermediate level present high levels of PA in the syllabic and phonemic levels, consdering processes of L1 — FL transfer of knowledge; relating results reached by students in different levels of FL proficiency to establish the order in which PA develops in a foreign language; and comparing the results of this investigation with data about the phonological acquisition of Portuguese as a first language.The results of the test suggest that Brazilian students show high levels of PA since the early contact with English, probably due to transference of knowledge and abilities from L1 to FL. However, the great number of transferences found seems to indicate that explicit instruction on phonetic-phonological aspects of the FL and also about the differences between the languages involved is necessary. Data also showed that PA development in a foreign language follows the same patterns known in L1, firstly of more perceptually salient units — syllables — and later the minimal units — phonemes. This way, we believe that the order of development of such abilities is universal. And, finally, there was difference among the performances of N1, N2 and N3 — the three first groups of students — and N4 — the fourth group. The results indicate that time of contact with the language as well as instruction in courses of phonetics and phonology of the FL influence the development of PA abilities.
URI: http://hdl.handle.net/10923/4025
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000421837-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,44 MBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.