Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/4335
Type: masterThesis
Title: Comparando os efeitos da utilização da papaína e dos ácidos graxos essenciais – AGE em lesões cutâneas: estudo experimental
Author(s): Hax, Graziela
Advisor: Silva, Jefferson Luis Braga da
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde
Issue Date: 2009
Keywords: MEDICINA
CICATRIZAÇÃO DE FERIDAS
COLÁGENO
FIBROBLASTOS
ÁCIDOS GRAXOS
RATOS DE WISTAR
IMUNOISTOQUÍMICA
PELE
Abstract: Conforme Mandelbaum, 2003 a cicatrização envolve muitos eventos e situações, exigindo conhecimento básico de diversas áreas, portanto uma atuação multidisciplinar se faz necessária para uma boa evolução da lesão. O reparo do tecido se dá através de duas formas: pela regeneração da atividade funcional do tecido ou pela cicatrização. Esta pesquisa trata-se de um estudo experimental tendo por finalidade comparar os efeitos da papaína 2%, AGE e soro fisiológico quando utilizados em lesões cutâneas circulares com dimensionamento de dois centímetros de diâmetro e espessura total no dorso de ratos da linhagem EPM-I Wistar. Utilizou-se doze ratos machos divididos em três grupos: C1 (grupo AGE), C2 (grupo controle) e C3 (grupo papaína), todos submetidos a trocas diárias de curativos após limpeza com solução de água bidestilada. Com base nos resultados obtidos verificamos que o produto AGE, durante o período de sete dias, não favoreceu a expressão de fibroblastos, o que pode ser explicado pela intensa aderência da gaze de algodão no leito da lesão, prejudicando, assim, o material histológico analisado por imunoistoquímica. Nesta mesma fase, em relação ao colágeno, observamos que o tratamento com papaína 2% apresentou seu menor pico quando comparado aos outros tratamentos, o que pode ser atribuído a seu efeito potencialmente sulfídrico, realizando assim um desgaste nas fibras colágenas. Conforme o método estatístico utilizado, ANOVA, constatou-se não haver diferença significativa entre os tratamentos propostos nesta pesquisa.
According to Mandelbaum, 2003, healing involves many events and situations, requiring basic knowledge of different fields. Thus, multidisciplinary action is needed for the lesion to heal well. Tissue repair occurs in two ways: by the regeneration of functional activity of the tissue or by healing. This research is an experimental study aiming at comparing the effects of 2% papain, AGE and saline solution when used in circular skin lesions 2cm in diameter, with full thickness on the dorsum of EPM-I Wistar rats. Twelve male rats were used, divided into three groups: C1 (AGE group), C2 (control group) and C3 (papain group), all of them submitted to daily dressing changes after cleaning with bidistilled water solution. Based on the results obtained, we found that the product AGE, during the seven-day period, did not favor fibroblast expression, which can be explained by the intense adherence of cotton gauze to the lesion bed, thus impairing the histological material analyzed by immunohistochemistry. During the same phase, as regards collagen, we observed that treatment with 2% papain was at its lowest peak when compared to the other treatments, which can be attributed to its potentially sulfidric effect, thus wearing down the collagen fibers. According to the statistical method used, ANOVA, it was found that there was no significant difference between the treatments proposed in this research.
URI: http://hdl.handle.net/10923/4335
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000417269-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo6,89 MBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.