Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/4559
Tipo: doctoralThesis
Título: Estudo comparativo controlado entre a transferência fascicular e a rafia terminolateral em janela de nervo agonista no trofismo do músculo denervado
Autor(es): Jaeger, Marcos Ricardo de Oliveira
Orientador: Silva, Jefferson Luis Braga da
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde
Fecha de Publicación: 2006
Palabras clave: MEDICINA
SISTEMA MUSCULOSQUELÉTICO
NERVOS - CIRURGIA
INERVAÇÃO
RATOS DE WISTAR
SUTURAS (CIRURGIA)
EXPERIMENTAÇÃO ANIMAL
Resumen: Introduction: Muscle atrophy after denervation still poses a problem with difficult solution. Reestablished reinnervation presents the main factor in the preservation of the muscle esqueletic trophysm. The end-to-side neurorraphy has been reported in the literature as an option when no donor motor nerve is available. However, most of this studies were developed only in experimental models making unpredictable the potential recovery of the motor function. This study aims on develop a new experimental model in which the muscle needs reestablished innervation, and to show, in a series of twelve patients, the impact of the end-toside perineurial window neurorraphy in reestablish the muscle strenght after previous denervation. Study Methods: We develop a new experimental model in 20 Wistar rats to study the end-toside and end-to-end neurorraphy utilyzing the motor and sensory nerve without neural contamination and without the utilization of nerve grafts. Wet weight of the medial gastrocnemius muscle in a heterotopically transplanted muscle was utilized to compare the groups. The second part of this study was to evaluate the impact of two kinds of motor-tomotor neurorraphy: end-to-side perineurial window versus one fascicle end-to-end neurorraphy in a controled seqüential study of twelve patients. The Medical Research Council – MRC score – was utilized to compare the two groups in terms of muscle strenght. Results: We obtained statistically significant value (P<0. 001) among the experimental groups. The control group – motor nerve preserved – did not reach statistically significant difference in relation to the experimental group MTT. In relation to all the others, the Control Group was different. The experimental Group MTT did not reach statistically signifant difference in relation to the experimental group MTL. In the clinical series, the IFC group showed in the MRC score a statistically superior distribution in relation to the experimental group RTL, with median values of 3 and 2, respectively. Conclusion: Based on the results obtained, we concluded that muscle reinnervation with splitted nerve fascicular transference presents the best option when donor motor nerve is available. End-to-side perineural neurorraphy, however, may present a good option with no donor motor nerve sequelae when no other option for fascicle transfer is available.
Introdução: A atrofia do músculo denervado é um problema de difícil solução. O restabelecimento da inervação representa o principal fator de intervenção para a recuperação do trofismo do músculo esquelético. A rafia nervosa terminolateral tem sido apresentada na literatura como uma possível alternativa quando não existe nervo motor doador disponível. Entretanto, a maior parte dos estudos foi desenvolvida apenas em modelos experimentais, tornando imprevisível os resultados da utilização clínica deste tipo de reinervação. Este estudo tem por objetivo demonstrar clínica e experimentalmente o impacto da rafia terminolateral em janela de perineuro no restabelecimento da força muscular. Métodos: A primeira etapa consistiu da realização de estudo experimental com 20 ratos Wistar para avaliarmos a preservação do trofismo muscular após as rafias términoterminais e término –laterais utilizando nervos sensitivo e motor. Utilizamos o peso úmido e a histologia do músculo gastrocnêmio do rato em um novo modelo de transplante heterotópico para comparação. A segunda etapa correspondeu a um estudo prospectivo controlado e seqüencial em 12 pacientes que apresentavam denervação do músculo bíceps braquial e que necessitavam de tratamento cirúrgico. Utilizamos o escore da força muscular MRC – Medical Research Council – para comparar a força muscular decorrente da rafia terminolateral em janela de perineuro e a transferência fascicular em rafia terminolateral de fascículo do nervo ulnar. Resultados: Na etapa experimental, obtivemos uma diferença estatisticamente significativa entre os grupos (P<0. 001). O grupo controle – nervo motor preservado - não mostrou diferença significativa em relação ao grupo MTT. Em relação a todos os outros, o grupo controle foi diferente. Por sua vez, o grupo MTT não atingiu diferença estatisticamente significativa em relação ao grupo MTL. Na etapa clínica, O grupo IFC apresentou uma distribuição para o escore MRC estatisticamente superior a do grupo RTL, atingindo as suas medianas valores 3 e 2, respectivamente. Conclusão: Pelos resultados apresentados, a transferência fascicular através da divisão de nervo motor, quando possível, é a melhor escolha para o tratamento do músculo denervado. A rafia terminolateral que utiliza o nervo motor agonista pode representar uma opção de tratamento quando não houver nervo doador disponível.
URI: http://hdl.handle.net/10923/4559
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000397981-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo16 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.