Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/458
Tipo: doctoralThesis
Título: Análise do tempo e da fluência da LLLT no processo de reparo de feridas em dorso de ratos
Autor(es): Poli, Vladimir Dourado
Orientador: Oliveira, Marília Gerhardt de
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Odontologia
Fecha de Publicación: 2010
Palabras clave: ODONTOLOGIA
LASER - ODONTOLOGIA
CICATRIZAÇÃO (ODONTOLOGIA)
CICATRIZAÇÃO DE FERIDAS
RATOS - EXPERIÊNCIAS
Resumen: O presente estudo teve como propósito comparar, em diferentes tempos, diferentes fluências do laser vermelho de fosfeto de índio-gálio-alumínio (λ=685 nm) sobre o processo de cicatrização de feridas cutâneas padronizadas em dorso de ratos. Foram realizadas duas feridas cirúrgicas em 36 ratos, sendo uma tratada com laser e a outra servindo como controle. Os ratos foram divididos em três grupos. No grupo um, as irradiações foram realizadas com dosimetria equivalente a média das doses mais utilizadas nas pesquisas recentes, determinada como 8 J/cm2. O grupo dois foi irradiado com o dobro da dose de energia, ou seja, 16 J/cm2, e o grupo três com metade da dose, ou 4 J/cm2. As irradiações foram realizadas imediatamente após o término da cirurgia, em 48 horas, em quatro e sete dias, e os animais foram mortos aos quatro, sete e nove dias. Portanto, cada animal recebeu, na dependência de sua morte, duas, três ou quatro irradiações. As lesões foram excisadas e analisadas em microscopia óptica. Foram realizadas análises histomorfométricas, considerando as medidas entre as bordas epiteliais, e análises histomorfológicas. Verificou-se, utilizando-se o teste t pareado, que houve diferença significativa (p = 0,004) entre os valores referentes às médias das medidas entre as amostras teste e controle. Ao se analisar as doses de energia utilizadas (4, 8 e 16 J/cm2) e o tempo de observação dos animais (quatro, sete e nove dias), verifica-se que não houve diferença em relação ao fator fluência, mas ocorreu quanto ao fator tempo, sendo as alterações mais evidentes nos momentos iniciais (quatro dias) do processo de reparo.A partir das análises histomorfométrica e histomorfológica, este estudo demonstrou que a terapia a laser em baixa intensidade (LLLT) aumenta a velocidade de cicatrização em ferimentos produzidos em dorso de ratos quando irradiados com o laser de fosfeto de índiogálio- aluminio (λ = 685 nm). Não há diferenças entre as doses de energia utilizadas (4, 8 e 16 J/cm2), mas há em relação ao fator tempo, sendo as alterações evidenciadas nos momentos iniciais da cicatrização.
This study aimed to compare the effects of different fluencies of indiumgallium- aluminum phosphide laser (λ= 685 nm) on skin wound healing in rats. Thirty six male rats were used, divided in three groups of 12 animals each. Two standardized skin wounds were created on the back of each animal, one treated with laser and the other serving as control. In group 1, the irradiations were performed with a dosimetry equivalent to average doses used in most recent polls, determined as 8 J/cm2. The second group was irradiated with twice the dose of energy (16 J/cm2) and group 3 with half the dose (4 J/cm2). The irradiations were performed immediately after surgery, in 48 hours, on 4 and 7 days, and the animals were killed at 4, 7 and 9 days. Therefore, each animal received, depending on his death, two, three or four irradiations. The healing tissues were excised and analyzed with optical microscopy. Histomorphometric analysis was performed, considering the measures between the epithelial edges, and histomorphological analysis. Using the paired ttest, there was a significant difference (p = 0. 004) between values referring to the average of the measures between the test and control samples. When analyzing the energy doses used (4, 8 and 16 J/cm2) and time of observation of the animals (4, 7 and 9 days), it appears that there was no difference in the fluency factor, but it occurred on the time factor, with changes most evident in the early stages (4 days) of the healing process. Based on histomorphologic and histomorphometric analysis, this study demonstrated that the Low Level Laser Therapy (LLLT) increases the rate of wound healing in rats when irradiated with indium-gallium-aluminum phosphide laser (λ = 685 nm). There are no differences between fluencies used (4, 8 and 16 J/cm2), but the time factor seems to be relevant, with changes most evident in the early stages of the healing.
URI: http://hdl.handle.net/10923/458
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000425869-0.pdfTexto Completo4,3 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.