Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/469
Tipo: masterThesis
Título: Análise local e sistêmica das reações tissulares a diferentes materiais utilizados em pulpotomias: estudo em ratos
Autor(es): Follmann, Carina Staudt
Orientador: Weber, João Batista Blessmann
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Odontologia
Fecha de Publicación: 2011
Palabras clave: ODONTOLOGIA
ENDODONTIA
PULPOTOMIA
MATERIAIS DENTÁRIOS
RATOS - EXPERIÊNCIAS
Resumen: Introdução : O objetivo deste estudo foi avaliar, em ratos, a reação do tecido conjuntivo subcutâneo, e dos órgãos fígado e rim, a materiais utilizados em pulpotomias: agregado trióxido mineral (MTA), pasta de hidróxido de cálcio (HC) e formocresol (FC). Métodos: Tubos de polietileno vazios (grupo controle) e contendo os materiais de teste foram implantados no tecido subcutâneo de 46 ratos. Após 7 e 21 dias, as observações no dorso foram feitas para alterações inflamatórias, condensação fibrosa, formação de abscesso e corpo estranho e, no fígado e rim, foram avaliadas esteatose, apoptose, inflamação, alterações vasculares e hipercelularidade. Comparações entre os grupos e períodos de tempo foram feitas usando o teste de Kruskal-Wallis, Post-hoc e Mann-Whitney. Resultados: Os grupos MTA e HC mostraram um comportamento semelhante ao do grupo controle, nas alterações inflamatórias em 21 dias, ao contrário do grupo FC, o qual apresentou diferença estatisticamente significante em relação aos outros grupos. No grupo FC, não houve formação de cápsula fribrosa e houve formação de abscesso, em 21 dias. Em todos grupos, alterações no fígado e rim foram observadas. Conclusão: Os grupos MTA e HC mostraram um comportamento similar em todos os eventos analisados. O grupo FC apresentou resultados não favoráveis. Foram observadas alterações tissulares no fígado e rim.
Introduction: The aim of this study was to evaluate the subcutaneous connective tissue reaction and the organs liver and kidney to mineral trioxide aggregate (MTA), paste of calcium hidroxyde (CH) and formocresol (FC). Methods: Polyethylene tubes containing the test materials and empty tubes (control group) were implanted in the subcutaneous tissue of 46 rats. After 7 and 21 days, observations on back were made for inflammatory alterations, fibrous condensation, abscess formation and foreign body, and, on liver and kidney, were made for steatosis, apoptosis, inflammation, vascular changes and hipercellularity. Comparisons between groups and periods of time were made using the Kruskal-Wallis, Post-hoc and Mann- Whitney tests. Results: MTA and CH groups showed a behavior similar in inflammatory alterations to that of the control group in 21days, in contrast of FC group that presented statistically significant difference to that of other groups. In FC group, there was no formation of fibrous capsule and formation of abscess, in 21 days. In all groups, alterations in liver and kidney were observed. Conclusion: MTA and CH groups showed a behavior similar in all evaluated events. FC group presented unfavorable results. Tissue alterations were observed in liver and kidney.
URI: http://hdl.handle.net/10923/469
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000434141-0.pdfTexto Completo4 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.