Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/5057
Tipo: masterThesis
Título: A influência da teoria marxiana no trabalho do assistente social
Autor(es): Zacarias, Inez Rocha
Orientador: Prates, Jane Cruz
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social
Data de Publicação: 2013
Palavras-chave: SERVIÇO SOCIAL
ASSISTENTES SOCIAIS - ATUAÇÃO PROFISSIONAL
ASSISTENTES SOCIAIS - FORMAÇÃO PROFISSIONAL
MARXISMO
Resumo: A presente dissertação tem como objeto de estudo a teoria marxiana e sua influência no trabalho do assistente social. O objetivo é conhecer como estes trabalhadores mediam a teoria marxista no seu exercício profissional com vistas a contribuir para a materialização do projeto ético-político do Serviço Social. Para tanto, foram considerados os aspectos sócio-históricos da profissão, assim como as condições reais de trabalho dos assistentes sociais. Os primeiros capítulos de elaboração teórica constituem-se no resgate da teoria marxiana sobre o método de investigação e de exposição, seguido do método dialético-crítico e das categorias dialéticas. Também se resgatou a história do Serviço Social desde a sua fundação no Brasil até a sua aproximação com a teoria marxista a partir do Movimento de Reconceituação, o que culminou no atual projeto ético-politico profissional. Para o alcance dos objetivos propostos, o trabalho dos assistentes sociais foi investigado a partir de sua intencionalidade, finalidade e materialização. O método de estudo que norteou esta pesquisa é o dialético-crítico com enfoque misto. Para a coleta de dados foram utilizados numa primeira etapa – questionários, seguidos de entrevistas para aprofundamento. Os sujeitos participantes da pesquisa foram os assistentes sociais trabalhadores da FASC no Município de Porto Alegre. Os principais resultados dão conta de que a maioria dos sujeitos da pesquisa admite utilizar o referencial marxista para o desenvolvimento do seu trabalho. A apreensão deste referencial foi explicitada através da mediação com categorias e conceitos, como por exemplo: questão social, totalidade, contradição, historicidade, participação, transformação social, entre outros. A formação profissional também apresentou peso expressivo na justificativa pelo uso do método marxista no trabalho profissional.
This essay is focused on studying the Marxian theory and its influence on the work of social care professionals. The goal is to understand how these professionals mediate Marxist theory in their professional practice in order to contribute to the materialization of the professional project. Therefore, it has been considered the socio-historical aspects of the profession, as well as the actual working conditions of social care professionals. The chapters of theoretical elaboration seek to enlighten the Marxian theory on the method of investigation and exposure, followed by the critical-dialectical method and dialectical categories. It has also been described the history of Social Service since its foundation in Brazil until its approach to Marxist theory starting from the Reconceptualization Movement, which culminated in the current ethical- political professional project. In order to achieve our purpose, the work of social care professionals has been investigated from its intentionality, purpose and materialization. The method of study that has guided this research is the critical-dialectical approach with mixed focus. For data collection it has been used - in a first step - questionnaires, followed by interviews to go deeper. The participants of the study were “FASC” (Foundation for Social Welfare and Citizenship) social care professionals in the city of Porto Alegre. The main results show that most of the subjects admitted using the Marxist framework for the development of their work. The apprehension of this referential has been clarified through mediation with categories and concepts, such as: social issue, totality, contradiction, historicity, participation, social change, among others. The professional education has also shown to be significantly relevant in justifying the use of the Marxist method in professional work.
URI: http://hdl.handle.net/10923/5057
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000445281-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo906,89 kBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.