Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/5316
Tipo: masterThesis
Título: Análise biogeográfica da distribuição de primatas neotropicais (primates, platyrrhini)
Autor(es): Silva, Valeska Martins da
Orientador: Carvalho, Gervásio Silva
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Zoologia
Data de Publicação: 2006
Palavras-chave: BIOLOGIA
ZOOLOGIA
MACACOS
PRIMATAS - HÁBITOS E CONDUTA
Resumo: Track Analysis (Panbiogeography) focuses on the spatial or geographic dimension of biodiversity, allowing us to better understand the evolutionary patterns and processes. It compares tracks of different taxa to detect generalized tracks or biotic components. This study aimed to analyze the distribution of 24 neotropical primate species belonging to Cebus and Saimiri (Cebidae), Alouatta (Atelidae), and Aotus (Aotidae), to identify common distribution patterns and test the borders of the biogeographic units by the Track Analysis method. In a first step generalized tracks were obtained for each genera and in a second step, generalized tracks were obtained by matching individual species tracks. The crossing of individual genus tracks resulted in eleven generalized tracks located in the Caribenha, Amazon, Chaquenha, and Paranaense subregions. The Amazon subregion showed the higher concentration of species represented by eight generalized tracks, whereas the other subregions showed a single track each. Five tracks coincided with the Pleistocene refuge models (tracks a, c, g, h, and j), but only one track (c) can be explained by the marine transgression hypothesis. Three tracks were located in conservation units (c, e and j) and two (f and i) overlapped indicating the existence of a panbiogeographic node, that allows to propose the establishment of a conservation unit. The generalized tracks obtained by the analysis of species were spatially congruent with generalized tracks of neotropical species of Trichodactylidae (Crustacea, Decapoda), Muscidae (Diptera), Bombus (Hymenoptera, Apidae) and Cecropia (Cecropiaceae), indicating a higher distribution pattern. The generalized tracks are hypotheses of primary biogeographic homology for the Neotropical region.
A Análise de Traços (Pan-biogeografia) enfoca a dimensão espacial ou geográfica da biodiversidade, permitindo-nos uma melhor compreensão dos padrões e processos evolutivos. Ela compara traços individuais de diferentes táxons para detectar traços generalizados ou componentes bióticos. Este estudo objetivou analisar a distribuição de 24 espécies de primatas neotropicais, incluídas em Cebus e Saimiri pertencentes à Cebidae, Alouatta a Atelidae e Aotus a Aotidae, buscando identificar padrões comuns de distribuição, além de testar os limites das unidades biogeográficas, através do método da Análise de Traços. Em uma primeira etapa foram obtidos traços generalizados para cada gênero e, em segunda instância, obtiveram-se traços generalizados cruzando-se os traços individuais das espécies. A partir do cruzamento dos traços individuais de cada gênero, obtiveram-se onze traços generalizados localizados nas sub-regiões Caribenha, Amazônica, Chaquenha e Paranaense. A sub-região Amazônica mostrou a maior concentração de espécies, representada por oito traços generalizados, enquanto que as demais sub-regiões obtiveram cada uma apenas um traço. Cinco traços são coincidentes com o modelo de refúgios do Pleistoceno (traços a, c, g, h e j), porém, apenas um (traço c) pode ser explicado pela hipótese das transgressões marinhas. Três abrangem regiões onde se localizam unidades de conservação (traços c, e e j) e dois (f e i) encontram-se superpostos, indicando a ocorrência de um nó pan-biogeográfico, o que permite propor a criação de uma unidade de conservação na área. Os traços generalizados obtidos na análise das espécies são espacialmente congruentes com traços generalizados de espécies neotropicais de Trichodactylidae (Crustacea, Decapoda), Muscidae (Diptera), Bombus (Hymenoptera, Apidae) e Cecropia (Cecropiaceae), o que aponta para um padrão maior de distribuição. Os traços generalizados são hipóteses de homologia biogeográfica primária para a região Neotropical.
URI: http://hdl.handle.net/10923/5316
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000379487-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,53 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.