Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/5673
Tipo: masterThesis
Título: Comparação da resistência de união à microtração de sistemas cerâmicos odontológicos bilaminares
Autor(es): Fracasso, Lisiane Martins
Orientador: Mota, Eduardo Gonçalves
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Odontologia
Fecha de Publicación: 2014
Palabras clave: ODONTOLOGIA
MATERIAIS DENTÁRIOS
CERÂMICA DENTÁRIA
RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS (ODONTOLOGIA)
MATERIAIS CERÂMICOS (RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS)
Resumen: The introduction of ceramics in dentistry occurred since the eighteenth century through the use in complete denture. Bilayered systems composed by metal and ceramic emerged from the 60s and the interest in ceramic systems composed by a ceramic infrastructure that provides resistance associated with an aesthetic cover ceramic becomes evident in the last decades of the past century. Thus, different types of ceramics were inserted in the dental commerce. The aim of this study was to evaluate the microtensile bond strength of three systems of all-ceramics: E- max Press, In-Ceram Zirconia and Mark II with its respectively veneering porcelain. Samples were prepared by using a conformer of ceramic samples and included in the center of a ring of polyvinyl chloride (PVC). Three samples of each system were cut into microbars of a square millimeter in cross section. Five specimens of each sample were randomly selected for the microtensile bon strength test (n = 14). An Universal Testing Machine with 0,5mm/min was used for the microtensile bond strength test. Data were statistically analyzed using the G * Power 3. 1. 7 software. The distribution of normality was analyzed using the Shapiro-Wilk test (E- max Press, p = 0,96; In-Ceram Zirconia, p = 0,25, Mark II, p = 0,56). There were no homogeneity between samples when was used Levene test (p = 0,01). For this reason, the data were submitted to analysis of variance test followed by multiple comparison Games-Howell test. There was statistically significant difference between groups (p = 0,01), and E-max Press (17,88a ± 5,92 MPa) showed higher resistance to the other groups, followed by Mark II (12,98b ± 4,21 MPa) and In-Ceram Zirconia (9. 44c ± 2. 25 MPa). Therefore, there is a significant difference between the union of infrastructure and coverage in the different systems, which may influence longevity of these restorations.
A introdução das cerâmicas na odontologia ocorreu a partir do século XVIII através da utilização das mesmas em prótese total. Sistemas bilaminares compostos por metal e cerâmica surgiram a partir da década de 60 e o interesse por sistemas cerâmicos bilaminares compostos por uma cerâmica de infra-estrutura que proporciona resistência associada a uma cerâmica de cobertura que oferece estética torna-se evidente nas últimas décadas do século passado. Assim, diversos tipos de cerâmicas foram introduzidas no mercado odontológico.O objetivo deste estudo foi avaliar a resistência à microtração de três sistemas de cerâmicas puras: E-max Press, In-Ceram Zircônia e Mark II com as respectivas cerâmicas de cobertura de cada sistema. As amostras foram confeccionadas através da utilização de um conformador de amostras de cerâmicas e incluídas no centro de um anel de policloreto de vinila (PVC). Três amostras de cada sistema foram cortadas em palitos de um milímetro quadrado em sua secção transversal. Cinco corpos-de-prova de cada amostra foram selecionados aleatoriamente para o teste de microtração (n = 14). Para o ensaio de microtração foi utilizada uma Máquina de Ensaio Universal com velocidade de 0,5mm/min. Os dados obtidos foram analisados estatisticamente através do software G* Power 3. 1. 7. A distribuição de normalidade foi verificada com o teste Shapiro-Wilk (E-max Press, p = 0,96; In-Ceram Zircônia, p = 0,25; Mark II, p = 0,56). Não foi verificada homogeneidade entre as amostras através do teste de Levene (p = 0,01). Portanto, os dados foram submetidos ao teste de Análise de Variância seguido de teste de Comparações Múltiplas Games-Howell. Foi registrada diferença estatisticamente significativa entre os grupos (p = 0,01), sendo que E-max Press (17,88a ± 5,92 MPa) apresentou resistência a microtração superior aos demais grupos, seguido de Mark II (12,98b ± 4,21 MPa) e In-Ceram Zircônia (9,44c ± 2,25 MPa). Portanto, verifica-se uma diferença significativa entre a união das cerâmicas de infra-estrutura e cobertura nos diferentes sistemas, o que poderá influenciar na longevidade clínica destas restaurações.
URI: http://hdl.handle.net/10923/5673
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000454706-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo697,24 kBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.