Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/5868
Tipo: masterThesis
Título: Contribuição da ultrassonografia como exame complementar no estabelecimento do diagnóstico de lesões nodulares submucosas e subcutâneas da região bucomaxilofacial
Autor(es): Martins, Felipe Leal
Orientador: Figueiredo, Maria Antonia Zancanaro de
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Odontologia
Data de Publicação: 2014
Palavras-chave: ODONTOLOGIA
PATOLOGIA BUCOMAXILOFACIAL
ULTRASSONOGRAFIA
DIAGNÓSTICO POR IMAGEM
Resumo: A ultrassonografia é uma ferramenta de diagnóstico inócua, não invasiva, de fácil acesso e baixo custo utilizada amplamente na área médica, indicada, em especial, no exame dos tecidos moles. Apesar disto, não costuma ser solicitada pelos cirurgiões dentistas, durante a investigação diagnóstica de lesões intraorais. O objetivo desta pesquisa foi verificar o grau de contribuição que o recurso fornece no estabelecimento do diagnóstico final de nódulos localizados na região bucomaxilofacial. Buscou-se estabelecer a indicação de uso e confiabilidade do método na área da Odontologia, considerando a possibilidade do mesmo favorecer ou não o diagnóstico conclusivo destas alterações. Foram selecionados 65 pacientes portadores de nódulos submucosos ou subcutâneos, que tiveram a indicação e foram submetidos à ultrassonografia regional, uma vez que não foi possível estabelecer o diagnóstico conclusivo das lesões exclusivamente através do exame clínico. A ultrassonografia foi realizada em um centro de diagnóstico por imagem utilizando o aparelho Toshiba – Japan modelo Aplio 80. Os laudos foram emitidos por um único examinador, com ampla experiência na interpretação de imagens da região bucomaxilofacial.Do total de pacientes, 43 foram submetidos à biópsia tendo o exame histopatológico para confirmação do diagnóstico final. Em 22 indivíduos não foi necessária a execução do procedimento cirúrgico, uma vez que o exame de imagem permitiu o estabelecimento do diagnóstico e manejo do paciente. Dois pesquisadores avaliaram os resultados obtidos na ultrassonografia e estabeleceram escores, que variaram entre zero (onde significou que o diagnóstico ultrassonográfico diferiu do final), 1 (contribuiu no manejo do paciente) e 2 (definiu o diagnóstico conclusivo). O escore zero, representou 12,3% dos exames realizados, entretanto os escores 1 e 2 computaram respectivamente 41,5% e 46,1%, totalizando um percentual de contribuição equivalente à 87,6%. O método favoreceu o diagnóstico das lesões vasculares em 93,3% e no manejo das neoplasias, tanto malignas quanto benignas, em 87,5%. Nos fenômenos de retenção de muco participou no estabelecimento do diagnóstico final em 76,5%. Os resultados obtidos foram ao encontro dos achados na literatura, os quais demonstraram que a ultrassonografia é um recurso eficaz na determinação do diagnóstico final ou no manejo dos pacientes, portadores de lesões nodulares inespecíficas dos tecidos moles da região bucomaxilofacial.
Ultrasonography is an innocuous noninvasive diagnostic tool, which is easy to perform and low-cost, and it is widely used in the medical field, indicated especially in the exam of soft tissues. Despite this, it is not usually requested by dental surgeons in the diagnostic investigation of intraoral lesions. The aim of this study was to determine how much this resource contributes to establishing the final diagnosis of nodules located in the oral and maxillofacial region. Accordingly, we evaluated the indication of use and reliability of the procedure in Dentistry, considering the usefulness to reach the definitive diagnosis of these alterations. Sixty-five patients with submucosal or subcutaneous nodules were recruited for the study. They had been indicated for and subjected to regional ultrasonography, since it was not possible to establish a conclusive diagnosis of the lesions only by clinical examination. Ultrasonography was carried out in an imaging diagnostic center utilizing the same apparatus Toshiba – Aplio 80 – Japan. The imaging reports were prepared by a single examiner, with wide experience in the interpretation of images of the oral and maxillofacial region.Of the total patients, 43 had a biopsy for histopathologic confirmation of the final diagnosis. In 22 individuals, it was not necessary to perform surgery, since imaging allowed the establishment of the diagnosis and management of the patient. Two investigators evaluated the results obtained with ultrasonography and estimated the scores, which were zero (ultrasonographic diagnosis differed from the final), 1 (contributed to the management of the patient) and 2 (defined the definitive diagnosis). The zero score accounted for 12. 3% of the examinations performed, while 41. 5 and 46,1% of patients had scores of 1 and 2, respectively, totaling 87. 6% of cases where imaging was helpful. The procedure facilitated the diagnosis of vascular lesions in 93. 3%, helped with the management of 87. 5% of patients with both malignant and benign neoplasms, and had a role in establishing the final diagnosis in 76. 5% of cases of mucus retention phenomena. The results obtained were in accordance to findings in the literature, which demonstrated that ultrasonography is an effective resource in determining the final diagnosis or in the management of patients with nonspecific nodular lesions in the soft tissues of the oral and maxillofacial region.
URI: http://hdl.handle.net/10923/5868
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000458174-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,97 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.