Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/6979
Tipo: masterThesis
Título: “A consciência muito grande” da educação ambiental: a experiência escolar no município de Garopaba/Santa Catarina (2013)
Autor(es): Casanova, Ananda
Orientador: Bastos, Maria Helena Câmara
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação
Data de Publicação: 2014
Palavras-chave: EDUCAÇÃO - ESCOLA
PEDAGOGIA
EDUCAÇÃO AMBIENTAL
ECOLOGIA
Resumo: From the dimension the ecological issues endeavoured in recent decades, environmental education has served as a code for moral conduct which indicates certain attitudes that are appropriate behaviours to rethink the relationship between society and environment, reflecting certain modes of how one can position himself in the world. In this context, this study analyzes the tension between the normativity of pedagogical discourse of environmental education and the formative aspects of the same education, the production of new ecologically-oriented subjects and the ways in which the educational institution - itself coated with a prescriptive character - has been developing projects for environmental education. This paper presents the results of a qualitative study, based on an ethnographic sight, which seeks to characterize how the environmental practices in three municipal schools Garopaba (Santa Catarina) are configured, in order to identify elements of school culture which intend to contribute to the formation of environmental sensitivities. The everyday pedagogic was accompanied during 2013, focusing on groups of 4º and 5º series in the early years of elementary school. The results indicate that the conception of environment and environmental education of teachers are influenced by a discourse that patternize the understanding and the need to promote behavioral changes, an idea that assumes specific settings in the context of Garopaba due to tourism, the imaginary around the town as an "ecological paradise" and the differentiation between native and non-native students. In pedagogical terms, it is observed that environmental education is predominantly associated to practical activities performed in places outside the classroom, and that its interdisciplinary approach is still a daily challenge for educators.
A partir da dimensão que a temática ecológica atingiu nas últimas décadas, a educação ambiental tem atuado como um código de conduta moral que indica certas atitudes e comportamentos apropriados para repensar a relação entre sociedade e ambiente, traduzindo certos modos de se posicionar no mundo. Nesse contexto, o presente estudo aborda a tensão entre a normatividade do discurso pedagógico da educação ambiental e os aspectos formativos dessa mesma educação, a produção de novos sujeitos ecologicamente orientados e as maneiras com as quais a instituição escolar – ela mesma revestida de um caráter prescritivo – vem desenvolvendo projetos de formação ambiental. Este trabalho apresenta os resultados de um estudo qualitativo, realizado a partir de um olhar etnográfico, que procura caracterizar como se configuram as práticas ambientais em três escolas da rede municipal de Garopaba (Santa Catarina), a fim de identificar elementos da cultura escolar que pretendem contribuir na formação de sensibilidades ambientais. O cotidiano pedagógico das instituições foi acompanhado durante o ano de 2013, com enfoque em turmas de 4º e 5º séries dos anos iniciais do Ensino Fundamental. Os resultados permitem afirmar que a concepção de meio ambiente e educação ambiental das educadoras é influenciada por um discurso que padroniza o entendimento e a necessidade de promover mudanças de comportamento, ideia que assume configurações específicas no contexto de Garopaba em função da problemática do turismo, do imaginário em torno da cidade como um “paraíso ecológico” e da diferenciação entre alunos nativos e não-nativos. Em termos pedagógicos, observa-se que a educação ambiental é associada predominantemente a atividades práticas, realizadas em ambientes externos à sala de aula, e que sua abordagem interdisciplinar ainda é um desafio cotidiano para as educadoras.
URI: http://hdl.handle.net/10923/6979
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000457121-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo3,34 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.