Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/6985
Type: doctoralThesis
Title: Manual do professor: constituição do gênero, recepção e reflexos no ensino e aprendizado de língua materna
Author(s): Andrade, Patrícia Ribeiro de
Advisor: Di Fanti, Maria da Glória Corrêa
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Letras
Issue Date: 2014
Keywords: PORTUGUÊS - ESTUDO E ENSINO
LIVROS DIDÁTICOS - AVALIAÇÃO
DIALOGISMO
ANÁLISE DO DISCURSO
Abstract: In the light of the theoretical assumptions of Bakhtin and his Circle, regarding the language and its dialogical and ideological nature, the study presented in this text is a reflection that focuses on what we call genre of speech of the teacher´s manual of Portuguese and also about the speech of the teacher on that manual. The teacher's manual is made up of the student book containing answers to the developed activities, messages and instructions for the teacher, and one booklet or appendix that sets up a discursive construction whose purpose is to address the various issues related to the work purpose. As we take these objects to study (the enunciation of the manual and as well as the teacher´s), we aim to look how the teaching and learning model of mother tongue that is observed in the work, the discourses that shape this model, the role of the textbook the proposal of that teaching and learning and the teacher's position on these events. With the advent of the evaluation of didactic works implemented by MEC through the Programa Nacional do Livro Didático (PNLD), introduced a breaking point between the previous model and the current book, since the latter was produced with greater quality, also causing changes in the way the producers of books dialogically interact with the teacher through the manual, and this determines which represents a development of the genre. This development is approached here through a methodological procedure that establishes comparisons between a work from the year 1990 and a work from the year 2000, from which we examine both, the speech that goes to the teacher (via insert / Appendix) and the consonance between what is said in the body of this discourse, in terms of accomplishment and what actually takes place (in the book the student). The thesis that drives this research now presented is that, despite the quality that we see today in the textbook, the teaching and learning of Portuguese can still not be responding positively to this endeavor, among other reasons discussed here, is also the fact that the teacher is not contemplated in this process.
À luz dos pressupostos teóricos de Bakhtin e o seu Círculo, referentes à linguagem e sua natureza dialógica e ideológica, o estudo que apresentamos neste texto é uma reflexão que se debruça sobre o que denominamos gênero do discurso manual do professor de Língua Portuguesa e também sobre o discurso do professor em torno desse manual. O manual do professor constitui-se do livro do aluno, contendo respostas para as atividades desenvolvidas, recados e instruções para o professor, e mais um encarte ou apêndice que se configura uma construção discursiva cujo objetivo é tratar dos diversos temas relativos à proposta da obra. Ao tomarmos tais objetos para estudo (a enunciação do manual e a do professor), temos como objetivo entrever o modelo de ensino e aprendizado de língua materna que se efetiva na obra, os discursos que dão forma a esse modelo, a função do livro didático na proposição desse ensino e aprendizado e a posição do professor sobre esses eventos. Com o advento da avaliação de obras didáticas implementado pelo MEC, através do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD), instaurou-se um divisor de águas entre o modelo anterior de livro e o atual, posto que a esse último imprimiu-se uma maior qualidade, ocasionando mudanças também na forma como os produtores dos livros interagem dialogicamente com o professor, através do manual, e isso determina o que representa um desenvolvimento do gênero. Esse desenvolvimento é aqui abordado através de um procedimento metodológico que estabelece comparações entre uma obra dos anos de 1990 e uma obra dos anos 2000, a partir do que examinamos tanto aspectos do discurso que se dirige ao professor (através do encarte/apêndice), como também a consonância entre o que, no corpo desse discurso, se diz realizar e o que de fato se realiza (no livro do aluno). A tese que impulsiona a investigação que ora apresentamos é a de que, a despeito da qualidade que verificamos hoje no livro didático, o ensino e o aprendizado do português podem, ainda, não estar respondendo satisfatoriamente a esse empreendimento, entre outras razões aqui discutidas, pelo fato de o professor não ser contemplado nesse processo.
URI: http://hdl.handle.net/10923/6985
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000464347-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo12,07 MBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.