Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/7666
Tipo: masterThesis
Título: Desempenho da ressonância magnética para avaliação das alterações pulmonares em crianças com fibrose cística
Autor(es): Athayde, Renata Anele
Orientador: Stein, Renato Tetelbom
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Pediatria e Saúde da Criança
Data de Publicação: 2015
Palavras-chave: MEDICINA
PEDIATRIA
ESPECTROSCOPIA DE RESSONÂNCIA MAGNÉTICA
FIBROSE CÍSTICA
PULMÕES - DOENÇAS
Resumo: Introduction : Cystic fibrosis is a chronic disease that requires regular monitoring and testing. Chest CT is the gold standard to the evaluation of the pulmonary parenchyma, but because of the risk caused by radiation, technical alternatives should be evaluated. MRI is a test that does not use radiation. The aim of this study is to evaluate the performance of MRI chest and correlated with clinical parameters such as spirometry, Shawchman clinical score and the 6-minute walk test. Methods : 19 patients with cystic fibrosis Clinic underwent magnetic resonance of the chest, 6-minute walk test, FEV1 and clinical Shwachman score. MR score was evaluated and correlated with other parameters. Results : MRI correlated with the 6-minute walk test and the clinical score of Shwachman, but not with FEV1.Conclusion : MRI is a good alternative for airway and lung parenchyma assessment in patients with CF, showing a significant correlation with the6-minute walk test and the clinical score of Shwachman.
Introdução : a fibrose cística é uma doença crônica, que necessita de acompanhamento e exames regulares. A TC de tórax é o padrão-ouro para avaliação das alterações do parênquima pulmonar, mas pelo risco causado pela radiação, técnicas alternativas devem ser avaliadas. A RM é um exame que não utiliza radiação. O objetivo desse estudo é avaliar o desempenho da RM de tórax, correlacionando com parâmetros clínicos, como espirometria, escala de Shawchman e o teste de caminhada de 6 minutos.Métodos : 19 pacientes do ambulatório de fibrose cística realizaram ressonância magnética de tórax, teste de caminhada de 6 minutos, VEF1 e escore clinico de Shwachman. Foi avaliado o escore de RM e correlacionado com os outros parâmetros. Resultados : a RM apresentou correlação com o teste de caminhada de 6 minutos e com o escore clínico de Shwachman, mas não apresentou com o VEF1.Conclusão : A RM é uma boa alternativa para avaliação de via aérea e parênquima pulmonar em pacientes com FC, mostrando correlação com o teste de caminhada de 6 minutos e com o escore clínico de Shwachman.
URI: http://hdl.handle.net/10923/7666
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000475918-Texto+Parcial-0.pdfTexto Parcial347,86 kBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.