Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/7721
Tipo: doctoralThesis
Título: Aula dialogada na educação médica: um estudo quantitativo
Autor(es): Cunha, Laura Severo da
Orientador: Antonello, Ivan Carlos Ferreira
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde
Fecha de Publicación: 2015
Palabras clave: MEDICINA
EDUCAÇÃO MÉDICA
APRENDIZAGEM
MÉDICOS - FORMAÇÃO PROFISSIONAL
ESTUDANTES DE MEDICINA
Resumen: Estudar o processo de educação médica é parte de um movimento mundial de revisão da saúde, motivando iniciativas importantes, representadas no Brasil pelas diretrizes curriculares nacionais dos cursos desta área, apresentadas pelo Ministério da Educação no ano de 2001. Com o objetivo de comparar os efeitos de aprendizagem/retenção de conteúdo (desfecho) da aula expositiva dialogada (fator em estudo), realizou-se um estudo controlado randomizado por grupos, cegado para os sujeitos de pesquisa com alunos do 7º e 8º semestre do curso de medicina de uma Faculdade privada do sul do Brasil, com conceito cinco atribuído pela Comissão de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Foram avaliados 150 sujeitos, entre março de 2012 e junho de 2014, média de idade de 24,7 anos e predomínio do sexo feminino (62,7%); 69 (46%) alocados para a aula expositiva dialogada (grupo intervenção) e 81 (54%) para aula expositiva tradicional (grupo controle). O desempenho dos grupos foi avaliado por um mesmo teste teórico de conhecimento aplicado antes e após a aula, onde os alunos do grupo controle demonstraram maior variação entre o primeiro e segundo teste (8,6 vs. 6,7 p=0,0001) resultado reforçado pela magnitude do efeito também maior neste grupo (2,526 vs. 1,350). No pré-teste, sem distinção por grupo, o aproveitamento geral dos alunos foi de 50%, sendo maior a pontuação média do grupo submetido à intervenção (p=0,003) e daqueles alunos testados no 7º semestre. Neste estudo, a aula expositiva dialogada determinou resultados finais similares à aula tradicional (20,2 vs. 20,0 pontos no teste final) não sendo observado prejuízo na aprendizagem de curto prazo.
Study the medical education process is part of a worldwide movement of health review, motivating important initiatives, represented in Brazil by the national curriculum guidelines of the courses in this area, presented by the Ministry of Education in 2001. In order to compare the effects of content learning/retention (outcome) of dialogued lecture (factor under study), we carried out a randomized controlled trial by groups, blinded to the research subjects with medical students from the 7th and 8 th semester from a private university in southern Brazil, with grade five assigned by the Higher Education Personal Improvement Commission (CAPES). 150 subjects were evaluated between March 2012 and June 2014, average age 24. 7 years and a predominance of females (62. 7%); 69 (46%) allocated for dialogued lecture (intervention group) and 81 (54%) to traditional lecture (control group). The performance of groups was evaluated by the same theoretical knowledge test administered before and after class, where students in the control group showed greater variation between the first and second test (8. 6 vs. 6. 7 p = 0. 0001) result reinforced by the magnitude of the effect also higher in this group (2,526 vs. 1,350). In the pretest, without distinction by group, the overall student achievement was 50%, with a higher average score of the intervention group (p = 0. 003) and those students tested in the 7th semester. In this study, the expository dialogue-class determined final results similar to traditional classroom (20. 2 vs. 20. 0 points in the final test) no impairment in short-term learning was noticed.
URI: http://hdl.handle.net/10923/7721
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000476508-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo2,22 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.