Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/8361
Registro Completo de Metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorMello, Ana Maria Lisboa de
dc.contributor.authorGoulart, Cátia Rosana Dias
dc.date.accessioned2016-06-02T12:46:43Z-
dc.date.available2016-06-02T12:46:43Z-
dc.date.issued2016pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10923/8361-
dc.description.abstractEm Imaginários do Sul: pensamento crítico de fronteira e os avessos da Modernidade na ficção de Aldyr Garcia Schlee, reflito sobre a construção do pensamento crítico na América Latina e sua implicação na criação de imaginários. Percorrendo a trajetória investigativa de pesquisadores voltados à literatura de fronteira entre o sul do Brasil, Uruguai e Argentina, evidencio como, vinculados ao paradigma da transculturação, eles atuaram na criação de uma imagem homogênea da literatura de fronteira da região. Considerando que o imaginário da ficção local na contemporaneidade é mais diversificado do que tem sido tratado pela crítica predominante, proponho-me a desarticular essa imagem. Para tanto, retomo o pensamento crítico na América Latina pela perspectiva de leitura que vem sendo concebida como Pensamento de Fronteira e realizo uma interpretação da obra ficcional de Aldyr Garcia Schlee. Nesse percurso de leituras entrecruzadas, entendo e exponho como o escritor, investindo na criação de uma performance autoral e na inscrição de múltiplas memórias sociais em sua obra ficcional, cria um espaço simbólico que não somente evidencia a inviabilidade de se restringir a literatura da região à literatura gauchesca, mas também sinaliza a inter-relação desta com outras regiões do mundo.pt_BR
dc.description.abstractIn Imaginaries of the South: critical border thinking and the reverse of modernity in Aldyr Garcia Schlee's fiction, I reflected upon the development of critical thinking in Latin America and its implication in the creation of imaginaries. After analyzing the investigations carried out by researchers who focus on border literature in the south of Brazil, Uruguay and Argentina, I showed how they managed to develop a homogeneous image of the border literature in the region while being connected to the paradigm of transculturation. Taking into account that the imaginary of the local fiction in the region is currently more diversified that critics have shown, I aimed at changing this image. Therefore, I analyzed critical thinking in Latin America from the perspective of readings which have been understood as Border Thinking and interpret Aldyr Garcia Schlee's fictional work. In this way, with intercrossing readings, I showed how the writer invests in the development of an authorial performance and in the use of multiple social memories in his fiction, besides creating a symbolic space which not only provides evidence of the inviability towards restricting regional literature to the gaucha literature but also highlights its interrelation and other regions in the world.en_US
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.publisherPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.rightsopenAccessen_US
dc.subjectSCHLEE, ALDYR GARCIA - CRÍTICA E INTERPRETAÇÃOpt_BR
dc.subjectPENSAMENTO CRÍTICOpt_BR
dc.subjectIMAGINÁRIOpt_BR
dc.subjectLITERATURA RIO-GRANDENSE - HISTÓRIA E CRÍTICApt_BR
dc.subjectLITERATURApt_BR
dc.titleImaginários do Sul: pensamento crítico de fronteira e os avessos da modernidade na ficção de Aldyr Garcia Schleept_BR
dc.typedoctoralThesispt_BR
dc.degree.grantorPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentFaculdade de Letraspt_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Letraspt_BR
dc.degree.levelDoutoradopt_BR
dc.degree.date2016pt_BR
dc.publisher.placePorto Alegrept_BR
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000478731-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo899,52 kBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.