Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/8531
Tipo: masterThesis
Título: Sobre o mistério do mal: olhares do cinema e da teologia sobre as raízes do mal moral
Autor(es): Wolfart, Graziela Maria
Orientador: Zilles, Urbano
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Teologia
Data de Publicação: 2016
Palavras-chave: TEODICÉIA
BEM E MAL
CINEMA
TEOLOGIA
Resumo: This research tries to offer a contribution to the debate about the mystery of the evil, considering the contradiction between the goodness of the divine creation and the presence of the evil in the world. Aware that we cannot find a final answer to that question, that since the beginning of the times plagues the humanity, we propose a debate starting of the relation between Cinema and Theology. Therefore, will be used as a resource the query of two movies and two theological excerpts that can contribute to this debate. The chosen films are “Melancholia” and “Antichrist”, of Lars Von Trier. Under the theological point of view, will seek inspiration in the final phrase of the Our Father (prayer): “deliver us from evil”; and in the stretch of the Saint Paul’s Letter to the Romans (Rm 7,19): “For I do not do the good I want, but the evil I do not want is what I keep on doing. ”.
A presente pesquisa busca oferecer uma contribuição à reflexão sobre o mistério do mal, considerando a contradição entre a bondade da criação divina e a presença do mal no mundo. Cientes de que não encontraremos resposta definitiva a esta questão que desde o início dos tempos assola a humanidade, propomos um debate a partir da relação entre Cinema e Teologia. Para tanto, serão utilizados como recurso a consulta a dois filmes e a dois excertos teológicos que podem contribuir para tal reflexão. Os filmes escolhidos são “Melancolia” e “Anticristo”, de Lars Von Trier. Sob o viés da Teologia, se buscará inspiração na frase final da oração do Pai Nosso: “livrai-nos do mal”; e no trecho da Carta de São Paulo aos Romanos (Rm 7,19): “Porque não faço o bem que quero, mas o mal que não quero, esse faço”.
URI: http://hdl.handle.net/10923/8531
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000479216-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,14 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.