Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/4828
Type: doctoralThesis
Title: A separação conjugal na contemporaneidade: motivos, circunstâncias e contextos
Author(s): Zordan, Eliana Piccoli
Advisor: Strey, Marlene Neves
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Issue Date: 2010
Keywords: PSICOLOGIA
SEPARAÇÃO CONJUGAL
RELAÇÕES DE GÊNERO
COMPORTAMENTO (PSICOLOGIA)
Abstract: This dissertation concerns the dissolution of the conjugal bond. It involves theoretical reflection, field work with analysis of judicial proceedings of separation, interviews with separated persons from both sexes, and content analyses of men’s and women’s magazines concerning love relationships, sexuality, behavior patterns, and gender relations. The theoretical basis is Bronfenbrenner’s Ecological Systems model and gender theory. The dissertation volume is composed of five articles, each one analyzing different aspects of the central theme: the maintenance and dissolution of love relationships. In the empirical study of judicial proceedings we utilized quantitative methodology; in the other studies, we utilized a qualitative methodology of content analysis. Conjugal separations are a complex phenomenon which involves personal, individual, and contextual aspects covering individuals’ family of origin, their professional and social networks which are permeated with beliefs, ideologies, and political and economic systems that characterize the culture of a given society. Separation can occur at any stage of the individual, couple, and family vital cycle, and is not restricted to a specific group of socio-demographic characteristics; thus, it can be considered a vital crisis. The observation that unions are no longer obligatory for life, and can be broken at any moment, generates greater instability and anxiety. This fact can lead to greater investment in relationship maintenance, or can lead to less commitment and little investment. Analysis of judicial proceedings found the following alleged separation motives: frequent fights and arguments, spousal aggression, legalization of a de facto separation, spousal alcoholism, aggressions involving children, abandonment of the home by men, death threats, and the non-fulfillment of marital duties. In the interviews, the motives of principal relevance for separation were infidelity and the non-acceptance of traditional roles, that is, the relational dominance of men and the role of men as exclusive providers. The findings demonstrate that people desire a truer and more egalitarian relationship, in which men accept that women have more rights, but that these rights also be accompanied by duties. The content of men’s and women’s magazines demarcates masculine and feminine space with distinctive objects and with little chance of promoting togetherness and mutual satisfaction. The magazines serve as a mirror of what exists in society and also propose forms of behavior and relationship, at times in the direction of overcoming stereotypes, at other times confirming and crystallizing stereotypes. In comparing the 8 two implicit profiles in these magazines and supposing that they have some type of interference in people’s lives, it is no wonder that there are so many mismatches between both sexes. Keywords: conjugal separation; motives, contexts, gender relations, behavior patterns.
Esta tese trata da dissolução do vínculo conjugal. Envolve reflexão teórica, trabalho de campo com análise de processos judiciais de separação, entrevistas com pessoas separadas, de ambos os sexos e análise dos conteúdos de revistas femininas e masculinas, que dizem respeito a relacionamentos amorosos, sexualidade, padrões de comportamento e relações de gênero. A base teórica é o modelo ecológico-sistêmico e as teorias de gênero. O volume da tese é composto de 5 artigos, cada um analisando aspectos diferentes do tema central que são as relações amorosas: sua manutenção e dissolução. No estudo empírico dos processos judiciais, utilizamos metodologia quantitativa e nos outros metodologia qualitativa através da análise de conteúdo. As separações conjugais são um fenômeno complexo no qual estão envolvidos aspectos pessoais, individuais, mas também aspectos contextuais que abrangem desde a família de origem de cada indivíduo, sua rede social e profissional, os quais, por sua vez são permeados pelas crenças, ideologias, sistemas políticos e econômicos que caracterizam a cultura de determinada sociedade. A separação pode ocorrer em qualquer etapa do ciclo vital do indivíduo, do casal e da família, não está restrita a um grupo específico de características sócio-demográficas, podendo, também por isso, ser considerada uma crise vital. A constatação de que as uniões não são mais obrigatoriamente para toda a vida, mas sim que podem ser rompidas a qualquer momento, gera maior instabilidade e aumento de ansiedade. Isso pode levar a maior investimento para a manutenção das relações, ou por outro lado, pode levar a menor comprometimento, pouco investimento.A pesquisa nos processos judiciais encontrou os seguintes motivos alegados: brigas frequentes, agressões do cônjuge, legalização de uma situação já existente, alcoolismo do cônjuge, agressões com envolvimento dos filhos, abandono do lar pelo homem, ameaça de morte e não cumprimento dos deveres do casamento. Já nas entrevistas, os motivos de maior relevância foram a traição, a não aceitação dos papeis tradicionais, isto é, a relação de dominação do homem e o papel de provedor exclusivo do homem. Isto mostra que as pessoas estão desejosas de uma relação mais igualitária, em que os homens aceitam que as mulheres tenham mais direitos, mas que estes também sejam acompanhados de deveres. Os conteúdos veiculados nas revistas ditas femininas e masculinas demarcam o espaço do feminino e do masculino com objetivos distintos e com pouca chance de promover o encontro e a satisfação mútua. As revistas servem tanto como espelho do que existe na sociedade como para propor formas de comportamento e relações, às vezes na direção de superação de estereótipos, às vezes na sua confirmação e cristalização. Comparando-se os dois perfis subentendidos nessas revistas e supondo que elas possam ter algum tipo de interferência na vida das pessoas, não é de admirar que existam tantos desencontros entre ambos os sexos.
URI: http://hdl.handle.net/10923/4828
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000422211-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,18 MBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.