Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/4951
Type: masterThesis
Title: Pequenos grupos sistêmicos complexos como uma estratégia na promoção de saúde coletiva no SUS
Author(s): Freitas, Flávio Braga de
Advisor: Seminotti, Nedio Antônio
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Issue Date: 2010
Keywords: PSICOLOGIA
INTERAÇÃO SOCIAL
GRUPOS - EDUCAÇÃO
PROMOÇÃO DA SAÚDE
QUALIDADE DE VIDA
SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE
POLÍTICAS PÚBLICAS
SAÚDE COLETIVA
Abstract: O tema do presente estudo são os grupos sócio-educativos (GSE) realizados no Sistema Único de Saúde (SUS) com fins de promoção de saúde e qualidade de vida aos seus usuários. A dissertação é composta por duas seções: a seção I, Os pequenos grupos sistêmicos complexos como uma estratégia nas políticas públicas de saúde, é referente a uma abordagem teórica onde objetivamos compreender como o grupo operativo centrado na tarefa articulado com os princípios da complexidade sistêmica se organiza para se tornar uma estratégia educativa e terapêutica na promoção de saúde coletiva no SUS. A seção II da dissertação, Protocolo de observação dos pequenos grupos sistêmicos como estratégia de capacitação para coordenação de grupos no SUS, é resultado de uma pesquisa ação em que colocamos em discussão a forma de operar e a efetividade dos GSE no SUS como instrumento na promoção de saúde nas unidades de atendimento. Procuramos compreender como o grupo baseado nos princípios da complexidade sistêmica poderia cumprir esta função. Para isso, realizamos uma pesquisa ação. Utilizamos a observação sistemática como forma de coleta de dados através de um instrumento construído no transcorrer da pesquisa – protocolo de observação de grupos. Esses dados foram analisados e compreendidos a partir da perspectiva do método de Morin, no qual os operadores teóricos dialógico, hologramático e recursivo estiveram em permanente diálogo. A fidedignidade e a validade foram buscadas através das informações cruzadas dos dados através da triangulação de métodos de Minayo. Ao final da dissertação evidenciou-se que o pequeno grupo sistêmico complexo constitui-se em uma alternativa efetiva na promoção de saúde e qualidade de vida a partir da potencialização dos saberes dos seus participantes.O protocolo demonstrou ser uma estratégia que promove entre os técnicos a discussão do processo de grupo e, como consequência, a capacitação dos mesmos na sua coordenação. Portanto, poderá constituir-se numa estratégia efetiva a ser utilizada nos Pólos de Educação Permanente do MS para capacitar os profissionais do SUS na coordenação de grupos, contribuindo com o aperfeiçoamento do sistema de saúde.
The theme of this study are the socio-educational groups performed at the National Health System (SUS), whose purpose is the promotion of health and improvement of life quality to SUS users. The thesis consists in two sections: section I, The small complex systemic groups as a strategy in public health policy, refers to a theoretical approach, in which we aim to understand how the operative group, focused on a task linked to the principles of systemic complexity, is organized to become an educational and therapeutic strategy in promoting public health at SUS. Section II, Observation protocol of small systemic groups as a strategy of training for coordination of groups on SUS, is the result of a research in which we discuss how to operate and what is the effectiveness of GSE at SUS as a tool in promoting health-care units. We aim to understand how the group, based on the principles of systemic complexity, could fulfill this function. Aiming to reach these goals, we conducted a search. Systematic observation was used as a way of collecting data by using an instrument built in the course of research – observation protocol groups. These data were analyzed and understood from the perspective of Morin‘s method,in which dialogic, hologramatic and recursive theoretical operators were in permanent dialogue. The reliability and the validity were sought through a cross-data by Minayo‘s triangulation methods. The end of the thesis shows us that the small complex systemic group is an effective alternative to promote health and quality of life through participants‘ enhancement of knowledge. The protocol proved to be a strategy that promotes discussion about group process among the technicians and, as consequence, the training of those intheir coordination.Therefore, it could constitute in an effective strategy to be used at the MS‘s Poles of Continuing Education to train SUS‘s professionals on group coordination, contributing to the improvement of the health system.
URI: http://hdl.handle.net/10923/4951
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000428890-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,07 MBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.