Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/5896
Tipo: masterThesis
Título: Radares Fixos e móveis: uma análise de dados em painel sobre os acidentes de trânsito no município de Porto Alegre
Autor(es): Foletto, Cesar
Orientador: França, Marco Tulio Aniceto
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Economia do Desenvolvimento
Fecha de Publicación: 2014
Palabras clave: ECONOMIA - PESQUISAS
RADAR
TRÂNSITO URBANO - CONTROLE
ACIDENTES DE TRÂNSITO
Resumen: O presente trabalho se originou na possibilidade de avaliar a eficácia de radares fixos e móveis como forma de redução de vítimas no trânsito nas principais ruas e avenidas da capital do Rio Grande do Sul, a cidade de Porto Alegre. Para efetuar tal análise foram utilizados dados do Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN/RS), Departamento Autônomo de Estradas e Rodagem (DAER) e das entidades de controle de tráfego que atuam na cidade de Porto Alegre: a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) e o Departamento Estadual de Polícia Judiciária de Trânsito (DPTRAN), estando estes dados. disponíveis no portal #DATAPOA. O período extraído do portal foi de janeiro de 2008 a dezembro de 2012, tornando possível identificar a relação entre fiscalização de avenidas com radares fixos e móveis e as consequências dos acidentes nas mesmas, principalmente no que diz respeito a feridos, mortos e severidade dos acedentes. O estudo organizou tais dados na forma de painel longitudinal, permitindo análise através da regressão de Poisson, que busca as diferenças entre os grupos de tratamento e controle ao longo do tempo. Os resultados encontrados foram muito relevantes em termos da análise de feridos e também possibilitaram a observação da severidade dos acidentes pela metodologia da unidade padrão de severidade. Os radares fixos foram capazes de reduzir o número de feridos e a severidade em alguns trechos das avenidas, mas não modificaram o nível de ocorrências ao longo de toda ela. Os radares móveis modificaram o nível de feridos ao longo de toda avenida apenas fora do horário de pico, quando os acidentes podem ser influenciados mais pelo fator humano que pela velocidade dos veículos.Por fim, este estudo pôde ainda utilizar diversas variáveis relacionadas ao trânsito, tais como, o tipo do veículo, o período do dia, as condições climáticas e o tipo do acidente, verificando como cada uma delas afeta o desfecho dos acidentes.
The present study has origins in the possibility to evaluate the efficacy of the fixed and mobile speed cameras as a mean to reduce the number of victims in the transit ¬of the biggest streets in the capital city of the state of Rio Grande do Sul, Porto Alegre. To perform such analysis we used data from the Departamento Estadual, de Trânsito (DETRAN/RS), Departamento Autônomo de Estradas e Rodagem (DAER) and from authorities that work in the control of the traffic in the city of Porto Alegre, the Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) and the Departamento Estadual de Polícia Judiciária de Trânsito (DPTRAN), these data is available at the portal #DATAPOA. The period extracted from the portal was from January 2008 to December 2012, which makes possible to identify the relation between fixed and mobile enforcement in avenues and the consequences of accidents on these streets, mainly on the severity of the crashes and on the number of injured people. This study has organized the data in a longitudinal panel, allowing the analysis using the Poisson regression technique, which searches for differences between control and treatment groups over time. The results found were very relevant for the analysis of the injuries, and make possible an outlook on the severity of the crashes by the methodology of the severity standardized unit (UPS). The fixed position speed cameras were able to reduce the number of injured and the severity only at the specific location, but did not affect the overall street outcomes. The mobile speed Camera program was able to reduce the number of injuries but only at non rush hours, when the accidents and its outcomes might be influenced more by human factors other than the speed of vehicles.At last, this study could use many variables related to urban transit and verify how each one affect the consequences of an accident, such as, the type of vehicle, the period of the day, climatic conditions and the type of the accident.
URI: http://hdl.handle.net/10923/5896
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000458455-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo2,41 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.